Presidente eleito do Brasil confirma extinção do Ministério do Trabalho

2018-11-08 10:28:20丨portuguese.xinhuanet.com

Brasília, 7 nov (Xinhua) -- O presidente eleito do Brasil, Jair Bolsonaro, do Partido Social Liberal (PSL), afirmou nesta quarta-feira que extinguirá o Ministério do Trabalho, que será incorporado a alguma outra pasta.

Após um almoço com o presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), João Otávio de Noronha, Bolsonaro confirmou a medida, que já era objeto de especulação na imprensa brasileira.

"O Ministerio do Trabalho vai ser incorporado a algum ministério", disse o presidente eleito, sem dar mais detalhes sobre qual seria a pasta que incorporará as responsabilidades do ministério criado há 88 anos.

Bolsonaro confirmou também uma grande redução do número de ministérios em seu mandato. "Talvez 17, é um bom número", disse, em alusão ao número que identificou sua candidatura nas urnas eletrônicas.

Atualmente, 29 ministérios compõem o alto escalão do governo do presidente Michel Temer e por isso varias pastas devem ser fundidas.

Até o momento, além da extinção do Ministério do Trabalho, Bolsonaro confirmou a fusão da Fazenda com Desenvolvimento e Indústria para criar um "superministério" de Economia chefiado por Paulo Guedes, e a fusão do ministério da Justiça com o de Segurança Pública, que será comandado pelo juiz Sérgio Moro.

A da Agricultura e do Meio Ambiente, que tinha sido anunciada na semana passada, não foi levada adiante devido às fortes críticas recebidas, inclusive por parte do setor do agronegócio.

Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo:

Telefone: 0086-10-8805-0795

Email: portuguese@xinhuanet.com

010020071380000000000000011100001375914161