Moro afirma que assumirá ministério de Justiça do Brasil com forte agenda anticorrupção

2018-11-07 13:48:20丨portuguese.xinhuanet.com

Brasília, 6 nov (Xinhua) -- O juiz Sérgio Moro, futuro ministro da Justiça e Segurança Pública do governo do presidente eleito Jair Bolsonaro, afirmou nesta terça-feira em entrevista coletiva que assumirá com uma agenda centrada na luta contra corrupção e o combate ao crime organizado.

Moro negou também que tenha entrado na política e que, do seu ponto de vista, está assumindo uma responsabilidade de caráter técnico, sem pretensão de candidatar-se a qualquer cargo eletivo.

Ele disse que aceitou o convite de Bolsonaro para o cargo com o objetivo de consolidar os avanços na luta contra a corrupção nos últimos anos e impedir retrocessos.

"A expectativa é criar um ciclo virtuoso para retomar padrões mais normais em nossa sociedade. A corrupção e o crime nunca vão acabar, mas os níveis de corrupção e crime são muito altos no Brasil. Todo problema é solucionável, mas não há expectativa de resolver esses problemas em seis meses", afirmou.

"A impunidade dos poderosos e dos grandes chefes criminosos não é compatível com a Constituição", destacou o juiz.

Moro, que entrou de férias no tribunal, que serão renovadas antes que ele peça exoneração do cargo, vai usar esse período para participar do processo de transição para o novo governo.

Segundo ele, só convocará pessoas com perfil técnico para sua equipe, inclusive profissionais que trabalharam na Operação Lava Jato por terem sido testados na prática, mas evitou dar nomes.

Com relação ao debate para reduzir a idade da maioridade penal de 18 para 16 anos, Moro disse que o adolescente deve ser protegido, mas em sua opinião deveria haver um tratamento diferenciado para crimes graves, morte ou lesão corporal ou estupro a partir dos 16 anos.

Sobre o futuro da Operação Lava Jato, Moro disse que a juíza Gabriela Hardt, que lhe substituirá, é uma profissional "competente e preparada", e as pessoas podem ficar tranquilas de que a operação está "em boas mãos".

Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo:

Telefone: 0086-10-8805-0795

Email: portuguese@xinhuanet.com

010020071380000000000000011100001375890211