Banco Asiático de Desenvolvimento quer aprofundar parceria com a China

2018-11-07 09:48:20丨portuguese.xinhuanet.com

Beijing, 7 nov (Xinhua) -- Nas últimas três décadas, as relações entre a China e o Banco Asiático de Desenvolvimento (BAD) se transformaram de um devedor-credor para uma parceria para o desenvolvimento de políticas, construção de capacidades e compartilhamento de conhecimentos, disse o banco.

A China está trabalhando atualmente com o BAD para enfrentar os desafios e compartilhar sua rica experiência com outros países e parceiros de desenvolvimento na Ásia e no Pacífico, disse Stephen Groff, vice-presidente do BAD.

Groff fez as declarações durante o lançamento do livro "Uma Parceria Transformada", que demostra as cooperações de 30 anos entre a China e o BAD.

Em 2005, a China contribuiu pela primeira vez para o fundo do BAD para empréstimos concessionais e estabeleceu um fundo de redução da pobreza e de cooperação regional, e um fundo fiduciário para financiar projetos de assistência técnica implementados pelo BAD.

O BAD aprovou US$ 39,1 bilhões de financiamento à China no período 1986-2017, com o foco indo das finanças e indústria à redução da pobreza, crescimento equilibrado entre regiões, proteção ambiental e luta contra mudança climática.

A China e o BAD estão dispostos, com base nos avanços passados, a lidar com os atuais desafios de desenvolvimento do país, segundo o livro.

Os dois lados manterão cooperação estreita para garantir que a parceria responda às necessidades em evolução da China e da região, acrescentou Groff.

Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo:

Telefone: 0086-10-8805-0795

Email: portuguese@xinhuanet.com

010020071380000000000000011100001375883881