Grande auditoria realizada em empresas de sushi da Austrália revela irregularidades no salários

2018-10-11 11:10:19丨portuguese.xinhuanet.com

Sydney, 10 de outubro (Xinhua) -- Uma grande inspeção em 45 empresas de sushi australianas, incluindo as dos estados de Nova Gales do Sul e Queensland, constatou violações extensivas das regulamentações no local de trabalho, como salários baixos para jovens migrantes, segundo as últimas auditorias.

As auditorias constataram salários abaixo da lei em 37 das empresas, com 29 violações das leis relacionadas aos salários, informou o órgão regulador das relações de trabalho do governo, a Fair Business Ombudsman, em um comunicado divulgado na terça-feira.

Seus inspetores recuperaram mais de 745.000 dólares australianos (530.000 dólares americanos) de cerca de 400 funcionários que recebiam salários a menos.

"Nosso trabalho identificou que os restaurantes de sushi frequentemente empregam trabalhadores vulneráveis, incluindo jovens com vistos de imigrantes e pessoas não falantes da língua inglesa. A Fair Business Ombudsman tem um forte foco na proteção dos direitos e direitos destes trabalhadores vulneráveis, uma vez que eles não estão plenamente conscientes de seus direitos no local de trabalho ou têm medo de reclamar", disse Sandra Parker, chefe do órgão regulador.

A auditoria abrangeu 33 empresas de sushi em Nova Gales Sul e cinco em Queensland, além de sete operações na capital federal australiana, Camberra. As vítimas incluíam jovens migrantes e estrangeiros na Austrália com vistos de trabalho de férias no país, disse o regulador. Pelo menos três questões envolvendo o suposto pagamento de salários insuficiente aos trabalhadores permanecem perante o tribunal, acrescentou.

Os vistos de trabalho de férias na Austrália são populares entre os estudantes e visitantes estrangeiros, com muitos usando o canal para preencher vagas nos setores agrícola, de s erviços e outros.

Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo:

Telefone: 0086-10-8805-0795

Email: portuguese@xinhuanet.com

010020071380000000000000011100001375250561