Estudo liga escoliose à incapacidade de utilizar manganês

2018-10-10 20:22:58丨portuguese.xinhuanet.com

Chicago, 9 out (Xinhua) -- A incapacidade do corpo humano de utilizar plenamente o mineral manganês essencial na dieta pode ser responsável por alguns casos de escoliose grave, uma curvatura da coluna vertebral, sugeriu um estudo.

Crianças com escoliose severa têm duas vezes mais chances que as crianças sem a doença de portar uma variante genética que dificulta o uso de manganês, o que é necessário para o crescimento de ossos e cartilagens, publicou o estudo publicado na revista Nature Communications.

Casos de escoliose tendem a ser de ordem familiar, mas não de uma maneira simples, o que sugere que muitos genes diferentes desempenham um pequeno papel no aumento do risco da doença.

Para identificar esses genes, pesquisadores da Escola de Medicina da Universidade de Washington, em St. Louis, escanearam todos os genes em 457 crianças com escoliose grave e 987 crianças sem escoliose.

Eles encontraram uma variante no gene SLC39A8 em apenas 6% das crianças saudáveis, mas 12% das crianças com escoliose grave.

Uma segunda análise em um grupo separado de 1.095 crianças saudáveis e 841 crianças com escoliose moderada a grave descobriu que crianças com escoliose tinham duas vezes mais chances de carregar a variante.

Quando os pesquisadores criaram zebrafish com um gene SLC39A8 desativado, os peixes desenvolveram anormalidades no movimento e no esqueleto, incluindo curvas em suas espinhas.

Os pesquisadores descobriram que as células humanas com a variante do gene assumiram com sucesso o zinco e o ferro, mas não absorveram o manganês. Eles também descobriram que as crianças com a variante do gene tinham níveis significativamente mais baixos de manganês no sangue do que aqueles com a forma mais comum.

As crianças com a variante genética não tinham deficiência de manganês, mas podem ser incapazes de usar manganês de forma tão eficiente quanto as outras.

"A variante genética não impede que o gene funcione inteiramente, simplesmente não está funcionando de maneira ideal", disse o pesquisador de pós-doutorado e primeiro autor Gabriel Haller. “Talvez a maioria das pessoas precise de um certo nível de manganês no sangue, mas se você tem uma variante do gene ruim como essa, precisa de mais."

A escoliose afeta de 2% a 3% da população dos EUA e se desenvolve principalmente em crianças de 10 a 15 anos, de acordo com a Associação Americana de Cirurgiões Neurológicos.

O manganês é um mineral essencial e uma toxina. Altas doses podem causar manganismo, uma condição neurológica permanente caracterizada por tremores e dificuldade de locomoção, além de sintomas psiquiátricos como agressão e alucinações. O mineral também tem sido associado à doença de Parkinson, esquizofrenia e pressão alta.

Enquanto isso, a falta de manganês pode resultar em problemas de metabolização de gordura e açúcar, crescimento prejudicado, dificuldade para caminhar e curvatura da coluna vertebral.

Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo:

Telefone: 0086-10-8805-0795

Email: portuguese@xinhuanet.com

010020071380000000000000011100001375235571