Economia chinesa permanecerá estável e positiva, diz funcionário de alto escalão

2018-10-09 20:05:45丨portuguese.xinhuanet.com

Beijing, 9 out (Xinhua) -- Apesar dos novos desafios e mudanças no ambiente externo, a economia chinesa está em uma base sólida para manter uma perspectiva estável e positiva, disse Ning Jizhe, vice-chefe da Comissão Nacional de Desenvolvimento e Reforma e chefe do Departamento Nacional de Estatísticas.

Respondendo a preocupações com a pressão para baixo na economia chinesa, Ning disse que o foco deve estar na tendência geral em vez de indicadores específicos, e que as flutuações atuais no índice econômico estavam dentro de uma faixa razoável.

A economia chinesa manteve um crescimento estável e sólido até agora neste ano, estabelecendo uma base sólida para alcançar a meta anual de desenvolvimento econômico e social, assinalou Ning.

O Produto Interno Bruto (PIB) do país registrou um crescimento de 6,8% no primeiro semestre deste ano, que ficou na faixa entre 6,7% e 6,9% por 12 trimestres consecutivos. A China também manteve a estabilidade no emprego, preço e saldo dos pagamentos internacionais para facilitar o crescimento econômico estável e positivo.

Segundo Ning, a estrutura econômica da China foi melhorada, com o consumo se tornando o motor mais fundamental do crescimento econômico. Enquanto os lucros e a qualidade do desenvolvimento da economia chinesa melhoraram, a renda disponível per capita do povo chinês continuou crescendo.

Ele enfatizou que o investimento, um fator chave no desenvolvimento econômico, desempenhou um papel muito importante para manter o crescimento estável e sólido e para lidar com os riscos externos.

A estrutura de investimento da China continuou a melhorar e o investimento privado manteve um crescimento rápido. Enquanto isso, o crescimento do investimento no setor manufatureiro continuou acelerando.

A China se dedicará ao fortalecimento da proteção ambiental, à redução da pobreza e ao desenvolvimento das áreas rurais e da agricultura. Também eliminará todos os tipos de barreiras de investimento desnecessárias e promoverá o investimento privado, disse.

Ning sublinhou a relação entre crescimento estável e prevenção de riscos, acrescentando que a economia deve crescer dentro de uma faixa razoável para evitar riscos.

A China foi inevitavelmente afetada pelas fricções comerciais devido à crescente interdependência entre a economia chinesa e a economia global no processo de reforma e abertura da China, mas a tendência estável e positiva da economia chinesa não vai parar, afirmou.

Segundo ele, apesar do complicado ambiente interno e externo, da ascensão do protecionismo comercial e do unilateralismo e das flutuações no mercado financeiro global, a economia chinesa é suficientemente resiliente e flexível para abordar quaisquer riscos e a China alcançará a meta anual de desenvolvimento econômico e social.

A China deve continuar a promover a reforma estrutural no lado da oferta, buscar desenvolvimento de alta qualidade e facilitar o crescimento racional para manter a estabilidade da economia chinesa, acrescentou.

Além de criar mais empregos e expandir a demanda nacional, a China deve buscar maiores níveis de reforma e abertura e facilitar a cooperação internacional em comércio e investimento, disse.

Quanto aos efeitos das fricções comerciais com os Estados Unidos, Ning disse que quer sejam diretos ou indiretos, de curto ou de longo prazo, todos eles são controláveis.

Com a transformação e a atualização da economia chinesa, a demanda nacional desempenhou um papel cada vez mais importante no crescimento econômico. A China é capaz de reduzir os efeitos das fricções comerciais para uma faixa controlável maximizando o impulso do consumo nacional e do investimento.

Ning acrescentou que os efeitos das fricções comerciais sobre o emprego, preço e saldo dos pagamentos internacionais também podem ser superados com políticas e medidas eficazes.

Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo:

Telefone: 0086-10-8805-0795

Email: portuguese@xinhuanet.com

010020071380000000000000011100001375206301