Austrália comprometida com o acordo de Paris, diz primeiro-ministro

2018-10-09 11:05:57丨portuguese.xinhuanet.com

Camberra, 8 out (Xinhua) -- O primeiro-ministro da Austrália rejeitou pedidos de colegas conservadores para que se retirassem do acordo climático de Paris.

Em discurso antes do relatório do Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC, na sigla em inglês) das Nações Unidas, o primeiro-ministro Scott Morrison repetiu sua afirmação anterior de que a Austrália cumpriria sua meta de redução de emissões "a galope".

A Austrália comprometeu-se a reduzir suas emissões em 26% em relação aos níveis de 2005 até 2030.

Membros conservadores do governo pediram a Morrison que abandone a meta de redução de emissões, alegando que o cumprimento dela levará ao aumento dos preços da energia.

"Quando a Austrália coloca sua palavra em alguma coisa, é pra valer", disse Morrison.

"Esta é uma questão extremamente importante para os nossos parceiros no Pacífico, que são parceiros estratégicos.

A Oposição do Partido Trabalhista Australiano (ALP, na sigla em inglês) prometeu introduzir uma meta de redução de 45% nas emissões se for vitoriosa nas próximas eleições gerais.

Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo:

Telefone: 0086-10-8805-0795

Email: portuguese@xinhuanet.com

010020071380000000000000011100001375199451