Real brasileiro cai ao menor nivel histórico frente ao dólar

2018-09-14 16:49:58丨portuguese.xinhuanet.com

Rio de Janeiro, 13 set (Xinhua) -- A moeda brasileira atingiu na quinta-feira seu menor nível histórico frente ao dólar, ao fechar o dia cotada a 4,195 reais por dólar, superando o antigo recorde de 21 de janeiro de 2016, quando chegou a 4,163.

A moeda americana subiu na quinta 1,13% frente ao real, diante da incerteza dos investidores sobre o panorama eleitoral brasileiro e do movimento do mercado de câmbio do resto dos países emergentes, depois que a Turquia anunciou um aumento da taxa de juros, reduzindo a pressão sobre a moeda do país.

Trata-se da menor cotação desde a adoção do real, em 1994.

Na bolsa, o dólar chegou a alcançar 4,204 reais, aproximando-se do marco histórico que atingiu em 23 de setembro de 2015, quando chegou a 4,248 reais, antes de baixar até o fim do dia.

No acumulado do ano, a depreciação do real chega a 26,61%, sendo que no mês de setembro, a moeda brasileira já se desvalorizou 3,09% frente ao dólar.

A desvalorização de quinta-feira ocorreu apesar de o Banco Central brasileiro ofertar e vender integralmente 10,9 mil swaps cambiais tradicionais, equivalentes à venda futura de dólares, rolando US$ 4,360 bilhões do total de US$ 9,801 bilhões que vencem em outubro.

O dólar disparou nas últimas semanas por vários fatores, como a indefinição sobre as eleições brasileiras em 7 de outubro, o aumento da taxa de juros nos Estados Unidos, que fortalece sua moeda, a guerra comercial mundial, a crise das moedas emergentes, que afetam diretamente o Brasil e a fraqueza da economia local, que ainda se recupera dos efeitos da crise econômica ocorrida entre 2015 e 2016.

Os investidores aproveitam esse cenário de incerteza para especular, comprando dólares, considerado num investimento seguro. Quanto mais gente interessada, mais a moeda sobe.

Os analistas consideram que o nervosismo seguirá até que haja uma definição sobre o cenário eleitoral brasileiro.

O mercado financeiro divulgou esta semana a previsão de que a moeda americana finalizará o ano a 3,80 reais.

O ministro da Fazenda, Eduardo Guardia, afirmou ontem que no momento não há nenhuma medida que o governo possa adotar para enfrentar a volatilidade dos mercados devido às eleições.

Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo:

Telefone: 0086-10-8805-0795

Email: portuguese@xinhuanet.com

010020071380000000000000011100001374678791