Aumento de tarifas não solucionará déficit comercial dos EUA, diz China

2018-09-14 12:49:59丨portuguese.xinhuanet.com

Beijing, 14 set (Xinhua) -- O porta-voz do Ministério do Comércio (MC) chinês, Gao Feng, disse nesta quinta-feira que a medida unilateral dos Estados Unidos de impor tarifas adicionais não solucionará sua questão de déficit comercial.

O crescimento ou diminuição do superávit ou déficit comercial é decidido pelo mercado, disse Gao Feng numa coletiva de imprensa em resposta a uma pergunta sobre um maior superávit comercial da China com os EUA.

Os dados alfandegários chineses mostraram que o superávit com o país norte-americano alargou 7,7%, para 1,24 trilhão de yuans (US$ 181 bilhões), nos primeiros oito meses deste ano, com as exportações chinesas para os EUA aumentando 6,5%.

Gao apontou que a rápida expansão das exportações se deveu principalmente a fatores como a maior demanda no mercado nacional dos EUA. Pode também ser atribuída à exportação antecipada por parte dos empresários chineses para evitar a política tarifária dos EUA, destacou o porta-voz.

Gao disse que o déficit comercial dos EUA está relacionado com sua baixa taxa de poupança, o status do dólar como moeda de reserva e o controle do país sobre exportações à China.

O lado norte-americano deve reconhecer que a medida unilateral de tarifas não solucionará o problema, indicou Gao, acrescentando que os dois países devem tomar medidas pragmáticas e trabalhar juntos para promover o desenvolvimento saudável e estável do comércio bilateral.

Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo:

Telefone: 0086-10-8805-0795

Email: portuguese@xinhuanet.com

010020071380000000000000011100001374674501