Lula pede a apoiadores que votem em seu substituto Fernando Haddad

2018-09-12 16:49:58丨portuguese.xinhuanet.com

Rio de Janeiro, 11 set (Xinhua) -- O ex-presidente do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva pediu na quarta-feira em uma carta a seus apoiadores que votem em seu substituto Fernando Haddad à Presidência nas eleições no próximo mês.

Lula, atualmente preso e impedido de concorrer pela Justiça eleitoral por ter sido condenado em segunda instância, pede em sua carta "de coração" a "todos que votariam em mim que votem no companheiro Fernando Haddad para Presidente da República".

Mais cedo no mesmo dia, Haddad foi apresentado formalmente pelo Partido dos Trabalhadores (PT) como candidato à Presidência. A decisão já esperada foi anunciada oficialmente em frente da sede da Polícia Federal (PF) de Curitiba (capital do estado do Paraná), onde Lula cumpre pena de 12 anos e um mês desde 7 de abril passado.

Haddad, até então vice-presidente na chapa encabeçada por Lula, se reuniu na tarde com o ex-mandatário e após deixar o prédio da PF subiu num palco improvisado, onde estavam também Manuela D'Ávila do Partido Comunista do Brasil (PCdoB) que será sua vice, a ex-presidente Dilma Rousseff ,a presidente do PT, senadora Gleise Hoffman e outros dirigentes.

"Está na hora de sair às ruas com a cabeça firme nessas eleições", disse Haddad aos milhares de simpatizantes presentes ao local e afirmou que recebeu "uma missão do ex-presidente: ganhar as eleições".

Em discurso, Hoffman afirmou que Haddad, ex-ministro da Educação dos governos Lula e ex-prefeito de São Paulo, é "o representante de Lula" nas eleições.

No mesmo ato, Luiz Eduardo Greenhalgh, um dos fundadores do PT, leu a carta em que Lula indica Haddad como seu substituto.

A candidatura de Lula foi impugnada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) devido à Lei de Ficha Limpa que não permite que alguém se candidate a um cargo eletivo se foi condenado em segunda instância.

O mesmo TSE determinou no dia 1º de setembro um prazo de 10 dias para que o PT anunciasse o substituto de Lula. Apesar de o partido ter recorrido ao Supremo Tribunal Federal para estender o prazo até 17 de setembro, o pedido não foi analisado e o PT optou por confirmar Haddad na quarta-feira.

"Nós já somos milhões de Lulas e, de hoje em diante, Fernando Haddad será Lula para milhões de brasileiros", destacou Lula que terminou a carta com um "Até breve, meus amigos e minhas amigas. Até a vitória!".

Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo:

Telefone: 0086-10-8805-0795

Email: portuguese@xinhuanet.com

010020071380000000000000011100001374631971