Comércio de serviços da China tem nova alta no primeiro semestre

2018-08-08 13:49:55丨portuguese.xinhuanet.com

Beijing, 8 ago (Xinhua) -- O comércio de serviços da China teve uma nova alta durante o primeiro semestre deste ano, em virtude dos esforços do governo em impulsionar o desenvolvimento e abertura do setor.

O Ministério do Comércio informou na terça-feira que o comércio de serviços do país aumentou 8,5% em termos anuais para se situar em 2,53 trilhões de yuans (cerca de US$ 370 bilhões) no primeiro semestre.

As exportações de serviços aumentaram 13,6% para 841,57 bilhões de yuans, enquanto as importações cresceram 6,1% para 1,69 trilhão de yuans, resultando em um déficit de cerca de 848,18 bilhões de yuans, uma queda de 2,66 bilhões de yuans em relação ao mesmo período do ano passado.

Esta foi a primeira vez em oito anos que a China experimentou uma queda no déficit do comércio de serviços em seus dados semestrais.

O funcionário da pasta Li Yuan atribuiu a queda do déficit ao rápido crescimento do setor de serviços, ao suporte político do governo e ao acréscimo das exportações de serviços emergentes, tais como telecomunicações e seguros.

No entanto, o funcionário previu que o déficit continuará crescendo nos próximos anos visto que os chineses continuam tendo uma grande demanda por viagens e educação no exterior, e o pico está previsto para 2025.

O comércio de serviços se refere à venda e entrega de produtos intangíveis como transporte, turismo, telecomunicações, construção civil, publicidade, computação e contabilidade.

A China adotou medidas para melhorar o desenvolvimento do comércio em serviços, incluindo a abertura gradual dos setores de finanças, educação, cultura, e tratamento médico.

A expansão do comércio de serviços superou no mesmo período as taxas de crescimento do comércio de produtos, o valor agregado do setor de serviços e o produto interno bruto. O comércio de serviços representou 15,2% do total do comércio exterior da China nos primeiros seis meses do ano, 0,1 ponto percentual a mais que no ano anterior.

As exportações de serviços emergentes aumentaram 23,6% no primeiro semestre para 440,2 bilhões de yuans e representaram mais da metade do total os serviços de exportações.

Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo:

Telefone: 0086-10-8805-0795

Email: portuguese@xinhuanet.com

010020071380000000000000011100001373759131