Cientistas chineses usam nanotecnologia para controlar broto de batatas

2018-07-12 11:10:04丨portuguese.xinhuanet.com

Beijing, 12 jul (Xinhua) -- Um grupo de cientistas chineses desenvolveu um nanomaterial para controlar o broto de batatas e reduzir sua substância tóxica, oferecendo um novo método para o armazenamento do tubérculo.

As batatas armazenadas usualmente brotam com rapidez e produzem, ao mesmo tempo, uma quantidade significativa de solanina, uma substância tóxica perigosa para a saúde humana.

A germinação de batatas pode ser controlada utilizando diversas técnicas como o controle de temperatura, a irradiação e o uso de inibidores químicos.

Os cientistas do Instituto de Ciências Físicas de Hefei, subordinado à Academia Chinesa de Ciências, desenvolveram um novo nanomaterial chamado nanosílica hidrofóbica que pode ser utilizado para inibir o crescimento dos brotos de batata.

Quando as batatas são imersas na solução do novo material, cria-se uma capa hidrofóbica em sua superfície, o que inibe eficazmente o broto e diminuiu a solanina.

O material não transpassa a pele das batatas e pode ser eliminado através de lavagem antes de cozinhar, garantindo a segurança do alimento.

O estudo proporciona uma abordagem eficaz em termos de custos e amigável com o meio ambiente para o armazenamento de batatas, segundo a equipe de cientistas.

A pesquisa foi publicada na revista ACS Sustainable Chemistry & Engineering.

Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo:

Telefone: 0086-10-8805-0795

Email: portuguese@xinhuanet.com

010020071380000000000000011100001373189981