Pompeo diz que sanções estão "em vigor" até que RPDC consiga a confirma desnuclearização finalmente confirmada

2018-07-09 15:01:02丨portuguese.xinhuanet.com

Tóquio, 8 jul (Xinhua) -- O secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, afirmou no domingo em Tóquio que as sanções contra a República Democrática Popular da Coreia (RPDC) permanecerão em vigor até que a Coreia do Norte obtenha uma "desnuclearização finalmente confirmada".

Pompeo fez as declarações em uma conferência de imprensa conjunta após uma reunião trilateral entre ministros das Relações Exteriores dos Estados Unidos, Japão e Coreia do Sul em Tóquio.

"À medida que aproveitamos o momento da reunião histórica do presidente Trump e do presidente Kim Jong Un, os Estados Unidos, a República da Coreia e o Japão continuam a fortalecer nossa cooperação trilateral para atingir a meta estabelecida em Cingapura", disse Pompeo.

O ministro das Relações Exteriores do Japão, Taro Kono, disse na conferência de imprensa conjunta que os três lados "puderam reafirmar o firme compromisso com o contínuo fortalecimento de nossa cooperação trilateral rumo ao objetivo comum do desmantelamento completo, confirmado e irreversível de todas as armas nucleares e mísseis da Coreia do Norte".

Pompeo chegou a Tóquio no sábado depois de encerrar uma visita à RPDC, durante a qual os dois lados tiveram "conversas produtivas" de acordo com Pompeo.

"Durante a visita, continuamos a construir o acordo feito pelo presidente Trump e pelo presidente Kim, e fizemos progressos", disse Pompeo a repórteres em Tóquio.

A Coreia do Norte "reafirmou seu compromisso com a completa desnuclearização e tivemos discussões detalhadas e substantivas sobre o próximo passo em direção à desnuclearização completa e totalmente confirmada", disse Pompeo.

"A Coreia do Norte também reafirmou seu compromisso anterior de destruir seus locais de teste de mísseis, o que tornará a região e o mundo mais seguros", disse ele.

Pompeo disse também que os dois lados estabeleceram uma equipe de trabalho que lidará com os detalhes.

Enquanto isso, "as sanções permanecerão em vigor até que a desnuclearização final totalmente confirmada, em acordo com presidente Kim Jong Un, ocorra", acrescentou.

Antes da reunião trilateral, Pompeo também se reuniu com o primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, que pediu a resolução da questão dos sequestros de cidadãos japoneses da RPDC nas décadas de 1970 e 1980.

Abe disse que a resolução de questões pendentes em torno da Coreia do Norte será extremamente importante para o Japão, bem como a paz e estabilidade da região e expressou agradecimentos ao lado dos EUA por mencionar a questão dos sequestros em conversações com a RPDC.

Enquanto isso, a Coreia do Norte manifestou profundo pesar pelo resultado da visita de Pompeo, de acordo com a Agência Central de Notícias da Coreia.

A RPDC sentiu um profundo pesar pela atitude da delegação norte-americana liderada por Pompeo nas conversações de alto nível realizadas sexta-feira e sábado com autoridades da RPDC, disse um porta-voz do Ministério das Relações Exteriores do país

O porta-voz também expressou "profunda preocupação com o resultado das negociações", dizendo que as negociações não ajudaram na construção da confiança entre os dois lado e também podem resultar em dúvidas da RPDC em trabalhar a desnuclearização da península coreana.

Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo:

Telefone: 0086-10-8805-0795

Email: portuguese@xinhuanet.com

010020071380000000000000011100001373119941