Novo laboratório é aberto para proteger animais raros no Parque Nacional do Panda Gigante

2018-06-19 20:00:10丨portuguese.xinhuanet.com

Chengdu, 19 jun (Xinhua) -- A cerimônia de abertura de um laboratório para animais raros no Parque Nacional do Panda Gigante foi realizada na base de Dujiangyan do Centro de Pesquisa e Conservação da China para o Panda Gigante nesta terça-feira, marcando o mais recente esforço do país para proteger animais raros.

O centro assinou um acordo-quadro de cooperação com a Universidade de Lanzhou, a Universidade Normal de Beijing e a Universidade Agrícola de Sichuan durante o evento. As entidades prometem trabalhar em conjunto para estudar biologia reprodutiva, genética, prevenção e controle de doenças e fornecer informações sobre a proteção de animais raros.

O laboratório também irá comunicar e trocar realizações de pesquisa com organizações de proteção animal na China e no exterior.

Laboratórios e hospitais veterinários serão montados nas bases de Dujiangyan, Ya'an, Shenshuping e Hetaoping, do Centro de Pesquisa e Conservação do Panda Gigante.

No ano passado, a China anunciou um plano para construir um parque nacional de pandas gigantes em três províncias, Sichuan, Shaanxi e Gansu, com o objetivo de ajudar os animais em extinção a se movimentarem mais livremente, oferecendo um espaço maior para os pandas que vivem atualmente em montanhas isoladas nessas províncias.

O parque cobrirá 27.134 quilômetros quadrados, três vezes da área do Parque Nacional de Yellowstone nos Estados Unidos.

Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo:

Telefone: 0086-10-8805-0795

Email: portuguese@xinhuanet.com

010020071380000000000000011100001372654011