Cidade da costa oeste dos EUA revoga imposto sobre grandes empresas como a Amazon

2018-06-13 16:03:11丨portuguese.xinhuanet.com

São Francisco, 12 jun (Xinhua) -- O Conselho Municipal de Seattle (EUA) votou na terça-feira, por 7 a 2, para revogar um polêmico imposto sobre grandes empregadores, resultado visto como uma vitória para grandes empresas como a Amazon e a Starbucks.

A votação ocorreu menos de um mês depois que o conselho votou por 9 a 0 para aprovar o imposto de 275 dólares por funcionário dos maiores negócios de arrecadação em Seattle, como a Amazon, todos os anos, para ajudar a financiar casas e serviços para moradores de rua.

O imposto tem sido fortemente contestado pelos grandes empresários da cidade, como Amazon, Starbucks e Northwest Grocery Association.

O imposto de 275 dólares por empregado teria entrado em vigor em janeiro para os grandes empregadores que ganham mais de 20 milhões de dólares por ano em receita, informou o canal de TV K5 News, sediado em Seattle.

O novo imposto teria levantado US$ 48 milhões anualmente para combater a falta de moradia de Seattle e as crises habitacionais, gerando preços mais acessíveis. Estatísticas federais mostraram que a região de Seattle tem a terceira maior população de moradores de rua nos Estados Unidos.

A nova votação também foi vista como uma resposta à pressão pública do No Tax on Jobs, uma campanha de referendo apoiada por empresas para rejeitar o imposto.

"Espero que seja o começo de algo", disse o presidente do conselho da cidade de Seattle, Bruce Harrell, sobre a decisão de terça-feira do conselho da cidade.

No entanto, alguns defensores do imposto sobre as grandes empresas criticaram a votação do conselho como "capitulação" de interesses corporativos ricos.

Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo:

Telefone: 0086-10-8805-0795

Email: portuguese@xinhuanet.com

010020071380000000000000011100001372511581