Macron enfatiza "papel dirigente" da parceria França-China na situação internacional complicada

2018-05-17 12:45:11丨portuguese.xinhuanet.com

Paris, 17 mai (Xinhua) -- O presidente francês, Emmanuel Macron, disse nesta quarta-feira que a parceria estratégica abrangente entre a França e a China deve desempenhar um "papel dirigente" em meio à atual situação internacional complicada.

Ele deu as declarações durante sua reunião com o conselheiro de Estado e ministro das Relações Exteriores chinês, Wang Yi, no Palácio do Eliseu.

A França deseja intensificar ainda mais a comunicação e colaboração estratégica com a China para manter o multilateralismo, afirmou o presidente.

Macron recordou sua visita à China em janeiro, durante a qual alcançou consenso com o presidente chinês, Xi Jinping, sobre um maior desenvolvimento dos laços bilaterais.

O presidente francês pediu que ambos os países proponham e implementem planos concretos para aumentar as visitas de alto escalão, reforçar a cooperação em vários campos como comércio, ciência e tecnologia e cultura, e explorar o potencial da colaboração na Iniciativa do Cinturão e Rota.

Wang Yi, por sua vez, apontou que a China acredita que a França se tornará um parceiro estratégico importante na implementação da Iniciativa do Cinturão e Rota e está disposta a trabalhar com o país europeu para promover o multilateralismo.

Ele destacou que a China dá importância ao papel da França como uma grande potência e aprecia sua política externa independente.

A China está disposta a aprofundar ainda mais os contatos de alto escalão e a cooperação de benefício mútuo com a França, assinalou Wang. Ele acrescentou que os dois países devem proteger o sistema global e os princípios das relações internacionais e ser a "voz positiva" na manutenção da paz mundial.

Wang também se reuniu com Philippe Etienne, conselheiro diplomático do presidente francês, discutindo a cooperação bilateral em vários campos no âmbito da Iniciativa do Cinturão e Rota e em outras principais questões como as mudanças climáticas.

Wang e Etienne concordaram que a China e a França, ambos membros permanentes do Conselho de Segurança das Nações Unidas, devem fortalecer a comunicação e coordenação estratégica para promover soluções políticas pacíficas para questões regionais e para injetar mais positividade na incerta e instável situação internacional.

No mesmo dia, Wang também se reuniu com Laurent Fabius, presidente do Conselho Constitucional da França.

Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo:

Telefone: 0086-10-8805-0795

Email: portuguese@xinhuanet.com

010020071380000000000000011100001371858851