Cerca de 4.000 palestinos participam de protestos em Gaza no "Dia Nakba", afirma exército israelense

2018-05-17 10:04:58丨portuguese.xinhuanet.com

Jerusalém, 15 mai (Xinhua) -- Cerca de 4.000 palestinos participaram na terça-feira de protestos em cinco locais ao longo da fronteira da Faixa de Gaza, informou o exército israelense.

Os protestos de terça-feira marcaram o "Dia Nakba", ou Dia da Catástrofe, referindo-se ao deslocamento de centenas de milhares de palestinos na guerra em torno da criação do Estado de Israel, em 1948.

A mídia israelense informou que durante os protestos do "Dia Nakba", dois palestinos foram mortos e mais de 160 ficaram feridos.

Na segunda-feira, cerca de 40 mil palestinos participaram de manifestações ao longo da fronteira de Gaza e entraram em confronto com as tropas israelenses. Fontes do Ministério da Saúde do Hamas disseram que, desde segunda-feira, pelo menos 62 palestinos foram mortos e mais de 2.700 foram feridos ao longo da barreira de segurança durante protestos contra a abertura da embaixada dos EUA em Jerusalém.

As Forças de Defesa de Israel (FDI) disseram em um comunicado divulgado na terça-feira que palestinos jogaram pedras e coquetéis Molotov em soldados e queimaram pneus na fronteira com a intenção de iniciar incêndios em Israel e ferir as forças israelenses.

As tropas das FDI responderam às manifestações através de meios de dispersão e realizaram disparos seletivos, informou o exército israelense.

O site de notícias da Autoridade Palestina, Wafa, informou que as instituições do setor público e privado na Cisjordânia e na Faixa de Gaza aderiram a uma greve geral na terça-feira pelo "Dia Nakba".

"Manifestações violentas" ocorreram em 14 localidades por toda a Judéia e Samaria, com a participação de cerca de 700 palestinos, disse o exército israelense.

Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo:

Telefone: 0086-10-8805-0795

Email: portuguese@xinhuanet.com

010020071380000000000000011100001371855991