China e Nova Zelândia desenvolverão fundo genético do kiwi

2018-05-16 17:07:47丨portuguese.xinhuanet.com

Chengdu, 16 mai (Xinhua) -- A China e a Nova Zelândia concordaram em desenvolver um fundo genético da fruta kiwi na Província de Sichuan, no sudoeste da China nos próximos cinco anos, para melhorar a cooperação de pesquisa sobre a famosa fruta.

Um laboratório conjunto foi oficialmente estabelecido pela Academia Provincial de Ciência de Recursos Naturais de Sichuan e o Instituto de Pesquisa de Plantas e Alimentos da Nova Zelândia em Chengdu em 15 de maio.

Os pesquisadores impulsionarão a aplicação de big data e genômica integrando os recursos, mercados, tecnologia e recursos humanos dos dois países, e construir o maior fundo genético de kiwi do mundo.

O fruto rico em nutrientes é originado na China e foi levado através do Pacífico à Nova Zelândia em 1904. Muitas pessoas acham que o fruto tem um sabor de groselha, chamando-o "groselha chinesa."

Li Mingzhang, diretor do laboratório, disse que a cooperação de pesquisa permitirá que as tecnologias de plantação avançadas da Nova Zelândia sejam introduzidas na China.

O laboratório tem mais de cem conjuntos de equipamentos científicos avançados, que podem ser usados para estudar a tecnologia de armazenagem e a prevenção e controle de doenças de cancro de kiwi, disse Li.

As exportações de kiwi da Nova Zelândia respondem por um terço do abastecimento global. A China tem sido tanto o maior mercado de exportação como a maior origem de importação da Nova Zelândia por anos.

Desde 1993, os dois países têm cooperado no resgate e coleção de recursos do kiwi na área de Reservatório das Três Gargantas. Os dois lados já construíram o maior banco de recursos de germoplasma de kiwi do mundo em Sichuan.

Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo:

Telefone: 0086-10-8805-0795

Email: portuguese@xinhuanet.com

010020071380000000000000011100001371837171