Ataque de militantes do Talibã em capital provincial afegã deixa 14 mortos

2018-05-16 19:02:58丨portuguese.xinhuanet.com

Cabul, 15 mai (Xinhua) -- Pelo menos seis forças de segurança afegãs e oito militantes foram mortos depois que combates violentos aconteceram na cidade de Farah, capital da província de Farah, no oeste do Afeganistão, na terça-feira, segundo fontes.

Militantes do Talibã iniciaram uma grande ofensiva por volta das 2h40, horário local, na vizinhança do norte e oeste da cidade, em um esforço coordenado para assumir o controle total de Farah, disse uma fonte de segurança anônima da província à Xinhua.

"A partir de agora, a informação inicial dizia que seis forças de segurança foram martirizadas na cidade de Farah", disse Najib Danish, porta-voz do Ministério do Interior, à mídia local Tolo News TV.

"Uma operação contra-ofensiva está em andamento e as forças de segurança estão tentando controlar a situação em Farah", acrescentou.

"Nossas forças de segurança estavam em alerta máximo antes dos combates. Não há medo do colapso da cidade para a mão dos insurgentes", disse ele, acrescentando que as Forças de Operações Especiais e os comandos do exército, junto com o reforço do exército, já chegaram a Farah.

"Os talibãs capturaram vários postos de segurança dentro e fora da cidade. Combates esporádicos e combates ainda estão acontecendo por volta do meio-dia no distrito 3 da polícia e no lado oeste da cidade", disse a fonte de segurança à Xinhua por telefone.

"A situação é tensa. A maioria das pessoas ficam em casa. As ruas estão desertas. Está havendo tiroteios, ataques aéreos e explosões pela cidade", disse ele.

Vários membros da força de segurança, incluindo o vice-chefe de polícia Abdul Razaq, foram feridos durante os combates, segundo o dinamarquês.

A província, que fica a 695 quilômetros a oeste da capital afegã de Cabul, e na fronteira com o Irã, tem sido palco de intensos confrontos entre o Talibã e as forças de segurança nos últimos meses.

Especialistas militares locais acreditavam que os talibãs atacaram Farah quando foram derrotados e não conseguiram tomar o controle da província de Helmand, no sul, nos últimos anos.

Militantes do Talibã, que governaram o país antes de serem expulsos no final de 2001, renovaram a insurgência armada nos últimos anos. Eles intensificaram os ataques armados contra as forças de segurança em todo o país desde 25 de abril, quando começou a chamada ofensiva rebelde anual do Talibã.

Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo:

Telefone: 0086-10-8805-0795

Email: portuguese@xinhuanet.com

010020071380000000000000011100001371836781