Uber pede desculpas aos usuários no Brasil por violação maciça de dados em 2016

2018-04-16 18:44:15丨portuguese.xinhuanet.com

Rio de Janeiro, 13 abr (Xinhua) -- A Uber pediu, na sexta-feira, desculpas aos seus 156 mil usuários no Brasil, cujas informações pessoais vazaram em uma grande violação de dados em 2016.

Em um e-mail direcionado à eles, a empresa admitiu que seus nomes, e-mails e números de celular foram capturados por hackers no tal incidente.

No entanto, acrescentou que os especialistas contratados para investigar a violação de dados não encontraram evidências de que os registros de viagens, números de cartões de crédito, contas bancárias ou datas de nascimento foram apreendidos. Ele também disse que não encontrou qualquer fraude ou uso ilícito dos dados.

A Uber foi acusada de ter pago aos hackers para esconder o lapso por mais de um ano. A empresa pagou aos hackers 100 mil dólares americanos para destruir os dados roubados de 57 milhões de usuários em todo o mundo.

Os usuários brasileiros foram notificados somente após a assinatura de um acordo entre a Uber e o escritório de proteção de dados pessoais do procurador-geral brasileiro.

Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo:

Telefone: 0086-10-8805-0795

Email: portuguese@xinhuanet.com

010020071380000000000000011100001371152151