Torre mais alta da Irlanda reabre ao público depois de 47 anos

2018-04-16 18:44:15丨portuguese.xinhuanet.com

Dublin, 14 abr (Xinhua) -- A torre mais alta da Irlanda, a Torre O'Connell, reabriu para o público aqui no sábado, após um fechamento de 47 anos depois de um ataque à bomba cujo culpado não foi oficialmente identificado até agora.

Centenas de turistas, locais e estrangeiros, foram vistos vindo de diferentes cantos da cidade para visitar a torre no primeiro dia de sua reabertura ao público.

Um vendedor de flores no portão do Cemitério Glasnevin, onde a torre está localizada, disse à Xinhua que o número de visitantes da torre e do cemitério obviamente aumentou no sábado devido à reabertura da torre.

Localizada no norte da cidade de Dublin, a torre foi construída em 1855 em memória de Daniel O'Connell, uma das maiores figuras políticas da primeira metade do século XIX na Irlanda, que ficou famoso por sua luta pela igualdade política e direitos civis dos católicos no país.

Daniel O'Connell, nascido em 1775, morreu na Itália em 1847, durante uma peregrinação à Roma. Segundo seu desejo, seu coração foi enterrado em Roma enquanto o restante de seu corpo foi enterrado em um caixão colocado na base da torre.

Medindo 55 metros de altura, a torre arredondada construída com pedras é a mais alta de seu tipo na Irlanda, que oferece uma visão de 360 graus da cidade de Dublin e seus condados vizinhos de Wicklow e Meath, com quatro janelas no topo da torre, tornando-se mais uma vez uma das maiores atrações para turistas no país.

No entanto, em 1971, uma enorme bomba contendo 10 libras de gelignite atingiu a base da torre, causando danos estruturais e destruindo a escada interior.

Embora alguns grupos tenham assumido a responsabilidade pelo atentado, nunca foi oficialmente confirmado quem realmente conduziu o ataque, disseram autoridades encarregadas da manutenção da torre.

Em 2016, a Glasnevin Trust, maior prestadora de serviços funerários da Irlanda, que também administra o Cemitério Glasnevin, entre outros, iniciou o trabalho de restauração da escada destruída que leva ao topo da torre.

Autoridades do Cemitério Glasnevin disseram que a escada destruída foi restaurada estritamente de acordo com o que parecia no passado. Feita de ferro forjado, a escada em espiral consiste em 198 degraus de madeira entalhados à mão, subindo até o topo da torre com 6 plataformas de aterrissagem.

Com o restabelecimento da escadaria, o cemitério espera tornar a torre mais uma vez um famoso destino turístico em Dublin.

Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo:

Telefone: 0086-10-8805-0795

Email: portuguese@xinhuanet.com

010020071380000000000000011100001371151841