Ex-presidente Lula segue liderando as intenções de voto no Brasil apesar de estar preso

2018-04-16 16:00:37丨portuguese.xinhuanet.com

Rio de Janeiro, 15 abr (Xinhua) -- O ex-presidente brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva (2003-2010), que está preso desde a semana passada, lidera todas as intenções de voto para as eleições presidenciais de outubro, segundo pesquisa divulgada no domingo.

Segundo o Instituto Datafolha, Lula obteria 31% dos votos no primeiro turno, caso possa concorrer, mais do dobro dos 15% do deputado federal da extrema direita Jair Bolsonaro e da ex-ministra do Meio Ambiente Marina Silva (10%).

Em eleições nas quais o atual presidente Michel Temer concorresse, o cenário é praticamente o mesmo, com Lula conseguindo 30% dos votos, Bolsonaro 15%, Silva 10% e Temer 1%.

No caso de Lula não poder ser candidato, Bolsonaro seria o mais votado com 17%, seguido de Marina Silva, com 15%, e o ex-ministro Ciro Gomes, do Partido Democrático Trabalhista (PDT), com 9%.

A pesquisa foi realizada entre 11 e 13 de abril, com 4194 pessoas de 227 municípios brasileiros e tem uma margem de erro de dois pontos percentuais.

Lula começou a cumprir em 7 de abril uma pena de 12 anos e um mês de prisão após ter sido condenado em segunda instância por supostas corrupção passiva e lavagem de dinheiro, no marco das investigações sobre o caso Petrobras.

Apesar do veto imposto pela Lei da Ficha Limpa às candidaturas de condenados, a legislação permite que se peça registro mesmo preso.

Cabe à Justiça Eleitoral analisar o pedido e o Partido dos Trabalhadores (PT) continua afirmando que mantém a candidatura de Lula.

O ex-presidente foi acusado de ter recebido um apartamento da Construtora OAS no litoral de São Paulo em troca de supostamente favorecer a empresa em contratos com a Petrobrás, algo que Lula nega.

Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo:

Telefone: 0086-10-8805-0795

Email: portuguese@xinhuanet.com

010020071380000000000000011100001371150041