China e Zimbábue concordam em estabelecer parceria estratégica abrangente de cooperação

2018-04-04 11:40:37丨portuguese.xinhuanet.com

CHINA-BEIJING-XI JINPING-ZIMBABWE-EMMERSON MNANGAGWA-TALKS (CN)

(Xinhua/Rao Aimin)

Beijing, 4 abr (Xinhua) -- O presidente chinês Xi Jinping e seu homólogo do Zimbábue Emmerson Mnangagwa concordaram na terça-feira em estabelecer uma parceria estratégica abrangente de cooperação entre seus países.

Os dois chefes de Estado chegaram ao acordo durante uma reunião no Grande Palácio do Povo em Beijing.

Xi disse que o povo do Zimbábue começou uma nova viagem para construir seu país desde que Mnangagwa tomou posse em novembro.

"Como um bom amigo, parceiro e irmão do Zimbábue, estamos contentes ao ver isto", disse Xi a Mnangagwa.

Ao elogiar a relação estreita de longo prazo entre os dois países, Xi disse que o desenvolvimento dos laços China-Zimbábue está diante de novas oportunidades.

A China está pronta para trabalhar com o Zimbábue para definir juntos o novo plano de cooperação bilateral para continuar com a relação e beneficiar melhor os dois povos, indicou Xi.

Ele pediu a ambos os lados que mantenham a dinâmica dos intercâmbios de alto nível, executem o planejamento de nível superior em diversas áreas de cooperação e continuem a entender e apoiar um ao outro nos assuntos relativos aos interesses essenciais e nas principais preocupações.

Xi também incentivou ambos os lados a encaixar as estratégias de desenvolvimento, promover a cooperação na Iniciativa do Cinturão e Rota e dentro do quadro do Fórum de Cooperação China-África (FCCA) e continuar a promover a cooperação na construção da infraestrutura, agricultura, investimento e financiamento.

A China apoia o Zimbábue para explorar uma via de desenvolvimento de acordo com suas próprias condições nacionais, disse.

Os dois países também devem promover intercâmbios culturais e entre pessoas para consolidar a base da opinião pública de ambos os lados, assinalou o líder chinês.

A China está disposta a fortalecer a coordenação e a cooperação em assuntos regionais e internacionais, disse Xi, pedindo aos países e organizações ocidentais que melhorem as relações com o Zimbábue o mais breve possível.

Mnangagwa, que está em uma visita de Estado à China de 2 a 6 de abril a convite de Xi, parabenizou mais uma vez Xi por sua eleição como o presidente chinês.

Observando que a amizade Zimbábue-China passou pelos testes do tempo e das mudanças, Mnangagwa disse que seu país e povo jamais esquecerão a assistência e o apoio de longo prazo da China para melhorar o meio de vida da população.

O Zimbábue seguirá a política de Uma Só China e promoverá a parceria estratégica abrangente de cooperação com a China, promoverá intercâmbios de opiniões sobre governança do Estado e expandirá a cooperação em áreas como comércio, investimento, tecnologia, telecomunicação, infraestrutura e intercâmbios entre pessoas, disse Mnangagwa.

O Zimbábue está comprometido em aprofundar a amizade África-China, apoia a Iniciativa do Cinturão e Rota da China e a cooperação sob o quadro do FOCAC e incentiva a África a tomar uma parte ativa na construção do Cinturão e Rota, disse.

Chamando a amizade China-África de "riqueza preciosa de ambos os lados", Xi disse que como se declara no 19º Congresso Nacional do PCC, a China trabalhará com todos os países para construir um novo tipo de relações internacionais e uma comunidade de futuro compartilhado para a humanidade, e promoverá a unidade e a cooperação com os países em desenvolvimento, incluindo os países africanos.

"Não importa como mude o contexto internacional e para que fase a China se desenvolva, o país, como sempre, ficará ao lado de todos países em desenvolvimento, incluindo os países africanos, e será um amigo sincero e um parceiro confiável da África", disse Xi.

Depois do encontro, os dois presidentes presenciaram a assinatura de documentos bilaterais sobre cooperação econômica e tecnológica, agricultura, ciência e tecnologia e recursos humanos.

Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo:

Telefone: 0086-10-8805-0795

Email: portuguese@xinhuanet.com

010020071380000000000000011100001370875941