China pede cautela da UE sobre medidas protecionistas

2018-03-27 11:04:38丨portuguese.xinhuanet.com

Beijing, 27 mar (Xinhua) -- O Ministério do Comércio da China disse na segunda-feira que a pasta espera que a União Europeia (UE) possa ser cautelosa com o uso de medidas comerciais restritivas após o anuncio de que a UE fará uma investigação sobre produtos de aço importados.

A Comissão Europeia informou na segunda-feira que já lançou uma investigação sobre as importações de um número de produtos de aço em resposta às restrições dos Estados Unidos sobre aço e alumínio.

Wang Hejun, diretor do departamento da defesa e investigação comercial do ministério, disse que a China entende que a UE deva tomar medidas contra a ação recente dos EUA sobre produtos de aço e alumínio, mas que adotar medidas protecionistas globais não é a opção certa, disse Wang.

A investigação exacerbará a desordem e o caos comercial causados pelas altas tarifas de importação dos EUA, exercendo mais impactos graves e destrutivos sobre a ordem comercial internacional normal, disse Wang.

Medidas necessárias serão tomadas para defender os interesses das empresas chinesas, segundo Wang.

"Como um importante membro da OMC e um importante poder no comércio global, a UE deve lutar contra o protecionismo via cooperação com outros membros, ao invés de recorrer às ações que prejudicam a ordem comercial global", disse ele. "A China está disposta a reforçar a coordenação com todos os lados, incluindo a UE, para tratar do caos causado pelas ações dos EUA."

Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo:

Telefone: 0086-10-8805-0795

Email: portuguese@xinhuanet.com

010020071380000000000000011100001370688491