Grandes cidades da China carecem de empregadas domésticas durante Festa da Primavera

2018-02-14 15:19:59丨portuguese.xinhuanet.com

Beijing, 14 fev (Xinhua) -- Grandes cidades da China como Beijing estão com escassez de empregadas domésticas pois os trabalhadores migrantes, que fazem maior parte de mãos de obra, retornam a suas terras natais para a Festa da Primavera, o Ano-Novo Lunar chinês, informou na quarta-feira o China Daily.

O jornal citou a Zhongshengmeide, uma empresa de administração de cuidado de arranjos domésticos que assinou 11 mil empregadas em Beijing, dizendo que cerca de 95% de suas empregadas retornaram a casa no início deste mês. A Festa da Primavera cai em 16 de fevereiro este ano.

Outra plataforma de serviços domésticos online Ayilaile disse que apenas cerca de 10% de suas mais de 100 mil empregadas registradas estão ficando na capital chinesa este feriado.

Yin Xiaowei, uma empregada de 48 anos da Província de Heilongjiang, no nordeste da China, é uma daquelas que decidiram ficar em Beijing. "O cliente paga o dobro do nível normal", disse.

Um relatório do Ministério do Comércio mostrou que cerca de 26 milhões de pessoas trabalhavam na indústria de serviços domésticos da China em 2016, 9,3% a mais que um ano atrás.

A receita operacional da indústria de administração doméstica é estimada em 330 bilhões de yuans (cerca de US$ 52 bilhões).

Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo:

Telefone: 0086-10-8805-0795

Email: portuguese@xinhuanet.com

010020071380000000000000011100001369753301