Secretário de Estado dos EUA chega ao Cairo para iniciar visita pelo Oriente Médio

2018-02-13 15:07:51丨portuguese.xinhuanet.com

O secretário de Estado dos EUA, Rex Tillerson (e), e o ministro das Relações Exteriores do Egito, Sameh Shoukry, deram uma conferência de imprensa no Cairo, no Egito, no dia 12 de fevereiro de 2018. Tillerson chegou ao Cairo no domingo, na primeira etapa de sua turnê no Oriente Médio que também inclui Jordânia, Turquia, Líbano e Kuwait, informou a agência de notícias oficial do Egito, MENA. (Xinhua/Khaled ELFIQI)

Cairo, 11 fev (Xinhua) -- O secretário de Estado dos EUA, Rex Tillerson, chegou ao Cairo no domingo, na primeira etapa de sua turnê no Oriente Médio, que também inclui Jordânia, Turquia, Líbano e Kuwait, informou a agência de notícias oficial do país, MENA.

O roteiro de Tillerson incluiu uma conversa com o seu homólogo egípcio, Sameh Shoukry, na segunda-feira, sobre o aumento da parceria entre os EUA e Egito e a coordenação da cooperação nas principais questões do Oriente Médio.

O principal diplomata dos EUA também se reunirá na segunda-feira com o presidente egípcio Abdel-Fattah al-Sisi, que deverá ganhar facilmente um segundo período presidencial nas eleições de 2018, de acordo com relatórios dos EUA.

Sisi não enfrenta adversários fortes na corrida presidencial de 2018 prevista para o final de março.

É a segunda visita de um alto funcionário dos EUA na região do Oriente Médio, após a turnê do vice-presidente dos EUA, Mike Pence, em janeiro, desde que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, reconheceu em dezembro passado a sagrada cidade de Jerusalém como a capital de Israel, em meio a clamores regionais e internacionais.

Trump também expressou a intenção de transferir a embaixada dos EUA em Israel de Tel Aviv para Jerusalém.

O conflito palestino-israelense existe desde a criação de Israel de origem ocidental e a ocupação israelense dos territórios palestinos em 1948.

Os palestinos procuram estabelecer um estado independente com Jerusalém Oriental como sua capital à luz da solução de dois estados proposta pela ONU baseada nas fronteiras anteriores a 1967.

Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo:

Telefone: 0086-10-8805-0795

Email: portuguese@xinhuanet.com

010020071380000000000000011100001369725541