Banco central chinês volta a injetar liquidez no mercado

2018-02-13 15:00:05丨portuguese.xinhuanet.com

Beijing, 13 fev (Xinhua) -- O banco central da China injetou terça-feira 393 bilhões de yuans (cerca de US$ 62,2 bilhões) no mercado via a facilidade de empréstimos de médio prazo (MLF) para manter a liquidez.

O Banco Popular da China, o banco central, disse que os fundos injetados vencerão em um ano com uma taxa de juros de 3,25%.

A ferramenta de MLF foi introduzida em 2014 para ajudar os bancos comerciais e de fomento a manterem a liquidez, permitindo que eles obtenham emprestado do banco central usando valores como penhor.

O banco central recorre cada dia mais às operações no mercado aberto, em vez de mudanças em taxas de juros ou coeficientes de reservas obrigatórias, para administrar a liquidez em uma maneira mais flexível e específica.

Suspendeu as operações de acordos de recompra reversa pelo 15º dia útil consecutivo na terça-feira, citando liquidez suficiente no sistema bancário.

A China manterá uma política monetária prudente e neutra em 2018 à medida que se empenha para equilibrar o crescimento com a prevenção de riscos.

Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo:

Telefone: 0086-10-8805-0795

Email: portuguese@xinhuanet.com

010020071380000000000000011100001369725471