Expulso do PCC ex-assessor político regional

2018-02-13 12:20:06丨portuguese.xinhuanet.com

Beijing, 13 fev (Xinhua) -- Liu Jun, assessor político de alto escalão da Região Autônoma da Etnia Zhuang de Guangxi, no sul da China, foi expulso do Partido Comunista da China (PCC) por várias violações disciplinares.

Descobriu-se que Liu, ex-vice-presidente do Comitê Regional de Guangxi da Conferência Consultiva Política do Povo Chinês, violou o código de conduta político e regras do Partido e prejudicou a investigação contra ele, segundo uma nota divulgada na segunda-feira pela Comissão Central de Inspeção Disciplinar (CCID) do PCC.

A investigação da CCID mostrou que Liu desconsiderou as "regras de oito pontos" sobre frugalidade estabelecidas pelas autoridades centrais e frequentou clubes privados e de golfe e pagou despesa pessoal com fundos públicos.

Liu se recusou a confessar honestamente suas transgressões durante a investigação, segundo a nota.

Também aproveitou sua posição para buscar benefício pessoal, aceitando presentes e dinheiro contra as regras, e assegurou ganhos ilegais para seu filho.

Com base em regulamentos do PCC sobre penalidades disciplinares e regras relevantes, Liu recebeu penalidades incluindo remoção de seu posto administrativo e ser degradado para uma posição de não liderança de nível distrital adjunto.

Os ganhos ilegais de Liu serão confiscados, acrescentou.

Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo:

Telefone: 0086-10-8805-0795

Email: portuguese@xinhuanet.com

010020071380000000000000011100001369720931