Vice-premiê chinês pede abertura dos mercados de comércio eletrônico do mundo

2018-02-11 13:00:02丨portuguese.xinhuanet.com

(时政)汪洋出席首届世界海关跨境电商大会

(Xinhua/Wang Ye)

Beijing, 11 fev (Xinhua) -- O vice-primeiro-ministro da China Wang Yang pediu na sexta-feira que todos os países do mundo abram seus mercados de comércio eletrônico para se preparar para as novas oportunidades de crescimento no comércio emergente.

"Com base no controle de risco, os limites dos mercados devem ser reduzidos ao nível máximo para facilitar o livre comércio", disse Wang durante a 1ª Conferência Global do Comércio Eletrônico Transfronteiriço realizada em Beijing.

Wang, também membro do Comitê Permanente do Birô Político do Comitê Central do Partido Comunista da China, disse que o mundo deve fazer esforços conjuntos para estabelecer normas regulatórias, compartilhar informações alfandegárias e promover o desembaraço de alfândegas de balcão único.

A Iniciativa do Cinturão e Rota também deve ser promovida para ajudar os países menos desenvolvidos a reduzir o "fosso digital" e capacitar profissionais em comércio eletrônico, indicou Wang.

O setor do comércio eletrônico da China se desenvolve rapidamente. As exportações chinesas via comércio eletrônico aumentaram 41,3% no ano passado, enquanto as importações cresceram 116,4%.

Mais de 1 mil pessoas de 125 países e regiões participaram da conferência.

Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo:

Telefone: 0086-10-8805-0795

Email: portuguese@xinhuanet.com

010020071380000000000000011100001369666831