Faki refuta acusações de espionagem da China na UE

2018-02-08 16:55:38丨portuguese.xinhuanet.com

Beijing, 8 fev (Xinhua) -- O presidente da Comissão da União Africana (UA), Moussa Faki Mahamat, disse que as acusações de que a China está espionando a UA são apenas rumores.

Faki fez as declarações em Beijing nesta quinta-feira ao copresidir o 7º diálogo estratégico China-UA com o ministro chinês das Relações Exteriores, Wang Yi. Esta é a primeira visita de Faki à China desde que ele tomou posse em março de 2017.

Faki disse que os laços entre a China e a UA são "inabaláveis", e tais reportagens não podem prejudicar suas relações.

A UA é uma organização internacional e não é uma agência de defesa com dados altamente secretos, indicou Faki, dizendo que é impossível que a China faça espionagem na UA levando em consideração as cooperações entre os dois lados.

"Atualmente estamos dispostos a cooperar de forma mais estreita com a China para beneficiar as pessoas africanas, e tais rumores não nos distrairão", assinalou Faki.

Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo:

Telefone: 0086-10-8805-0795

Email: portuguese@xinhuanet.com

010020071380000000000000011100001369593821