Superavit comercial da China com EUA aumenta em 2017

2018-01-12 16:37:26丨portuguese.xinhuanet.com

Beijing, 12 jan (Xinhua) -- O superavit comercial da China com os Estados Unidos expandiu-se em 2017, quando o volume total do comércio internacional do país asiático manteve um crescimento rápido, mostraram nesta sexta-feira os dados alfandegários.

O superavit comercial da China com os Estados Unidos cresceu 13% em termos anuais para 1,87 trilhão de yuans (US$ 288 bilhões), de acordo com Huang Songping, porta-voz da Administração Geral das Alfândegas.

As importações e exportações da China com os Estados Unidos aumentaram 15,2% em 2017 para 3,95 trilhões de yuans, representando 14,2% do volume comercial total.

As exportações para os Estados Unidos subiram 14,5%, enquanto as importações do país norte-americano saltaram 17,3%.

Em 2017, os Estados Unidos foram o segundo maior parceiro comercial da China, e a China espera aprofundar as cooperações econômicas e comerciais com o país norte-americano para alcançar benefícios mútuos, segundo Huang.

Huang também disse que o protecionismo mundial ainda está em ascensão, com uma alta frequência de investigações de defesa comercial contra os produtos chineses, que se tornou uma das incertezas que o comércio internacional deve enfrentar em 2018.

Em uma coletiva de imprensa realizada na quinta-feira, o porta-voz do Ministério do Comércio, Gao Feng, disse que o desequilíbrio comercial entre a China e os Estados Unidos é principalmente um resultado das diferentes estruturas econômicas, competitividade industrial e divisão internacional do trabalho. A China nunca buscou um superavit comercial e o fluxo do comércio é determinado pelo de mercado.

Em resposta à investigação dos EUA na seção 301 sobre a propriedade intelectual e a transferência tecnológica da China, que foi lançada no final do ano passado, Gao assinalou que a investigação comercial tem como base seus próprios leis e regulamentos e arriscará a estrutura do comércio internacional.

A China tomará medidas necessárias para proteger os interesses das empresas chinesas se os Estados Unidos aderirem às práticas comerciais protecionistas unilaterais, disse.

Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo:

Telefone: 0086-10-8805-0795

Email: portuguese@xinhuanet.com

010020071380000000000000011100001368909271