Juiz português se recusa a extraditar ex-vice-presidente angolano

2018-01-10 15:28:27丨portuguese.xinhuanet.com

Lisboa, 9 jan (Xinhua) -- Um juiz português recusou o pedido de extradição do ex-vice-presidente angolano Manuel Vicente, que será julgado sobre acusações de corrupção no final deste mês em Portugal, informou na quarta-feira o escritório do procurador-geral de Portugal.

O presidente angolano, João Lourenço, chamou a recusa de Portugal de extraditar Vicente de "ofensiva."

No entanto, o Ministério Público de Portugal teme que Vicente receba imunidade diplomática se retornar a Angola.

A "Operação Fizz" girou em torno de acusações de que Vicente teria pagado 760 mil euros (U$ 906.550) em subornos ao ex-promotor público português, Orlando Figueira. Os subornos foram concebidos para travar dois inquéritos de corrupção.

Figueira também está enfrentando acusações de corrupção.

O caso contra Vicente será ouvido em Lisboa a partir de 22 de janeiro.

Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo:

Telefone: 0086-10-8805-0795

Email: portuguese@xinhuanet.com

010020071380000000000000011100001368851311