Premiê chinês espera que Japão mantenha impulso para melhorar laços bilaterais

2017-11-14 10:45:21丨portuguese.xinhuanet.com

PHILIPPINES-CHINA-JAPAN-LI KEQIANG-SHINZO ABE-MEET

(Xinhua/Rao Aimin)

Manila, 14 nov (Xinhua) -- O Japão deve fazer esforços conjuntos com a China para manter o impulso a fim de melhorar as relações sino-japonesas, disse o primeiro-ministro chinês, Li Keqiang, na segunda-feira em Manila.

Li fez a declaração durante uma reunião com seu homólogo japonês, Shinzo Abe, realizada à margem da 20ª Reunião de Líderes China-ASEAN (Associação das Nações do Sudeste Asiático) (10+1) na capital das Filipinas.

Li disse que as atuais relações entre a China e o Japão mostraram algumas mudanças positivas, mas ainda existem fatores sensíveis.

Este ano marca o 45º aniversário da normalização das relações sino-japonesas e o próximo terá o 40º aniversário da assinatura do Tratado de Paz e Amizade China-Japão.

Li pediu que o Japão considere a história como um espelho, olhe para o futuro e trabalhe com a China para superar as dificuldades e os desafios nas relações bilaterais.

Li indicou que a China e o Japão, como vizinhos de relações estreitas e duas economias importantes do mundo, devem aproveitar suas vantagens complementares e ampliar a cooperação econômica, o qual terá uma importância positiva para o desenvolvimento econômico do Leste Asiático e para a recuperação econômica global.

Também fez um chamado aos dois países para que fortaleçam a cooperação de benefício mútuo em economia, comércio e investimento, discutam a cooperação em mercados de terceiros e promovam juntos as negociações da Parceria Econômica Regional Integral (PERI) e as negociações sobre uma zona de livre comércio entre a China, Japão e República da Coreia.

Fortalecer os intercâmbios entre povos e impulsionar em particular os intercâmbios entre empresas e entre jovens criará um ambiente adequado para o desenvolvimento estável das relações entre China e Japão, disse Li.

Por outro lado, Abe disse que a China e o Japão, a segunda e a terceira maior economia do mundo, têm a responsabilidade de promover a paz mundial e o desenvolvimento global.

O Japão está disposto a tratar a China como parceiro e não como uma ameaça, a fortalecer os intercâmbios bilaterais de alto nível e a consolidar o impulso para melhorar os laços bilaterais com base do princípio da construção de uma relação estratégica bilateral de benefício mútuo.

Também expressou a esperança de que os dois países melhorem o diálogo econômico, explorem as oportunidades em projetos de interconectividade no marco da Iniciativa do Cinturão e Rota, ampliem a cooperação em finanças, proteção ambiental, conservação de energia e terceiros negociados, promovam a cooperação de alta qualidade entre o Japão, China e República da Coreia e acelerem o processo de negociações da PERI.

O primeiro-ministro chinês chegou no domingo às Filipinas para uma visita oficial ao país e para assistir a uma série de reuniões de líderes sobre cooperação no Leste Asiático.

Também assistiu na Manila à 20ª Reunião de Líderes ASEAN-China, Japão e República da Coreia (10+3) e a 12ª Cúpula do Leste Asiático.

Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo:

Telefone: 0086-10-8805-0795

Email: portuguese@xinhuanet.com

010020071380000000000000011100001367509611