Universidade chinesa abre escola de negociações de comércio internacional

2017-10-11 19:55:13丨portuguese.xinhuanet.com

Shanghai, 11 out (Xinhua) -- Uma universidade de Shanghai abriu a primeira escola da China para formar negociadores de comércio internacional.

A Universidade de Negócios e Economia Internacionais de Shanghai inaugurou quarta-feira a escola de negociação comercial e o instituto chinês para estudos sobre a Organização Mundial do Comércio (OMC).

O diretor honorário da escola é Zhou Hanmin, um renomado assessor político nacional e especialista de direito em Shanghai.

A escola formará graduados em cinco áreas --representantes nacionais especializados em negociar acordos bilaterais ou regionais; representantes nacionais para negociações multilaterais em organizações internacionais; negociadores de organizações internacionais; mediadores e árbitros de disputas internacionais; e advogados especializados em direito internacional.

Dezesseis anos depois da entrada da China na OMC, o país se transformou de um seguidor de regras do comércio internacional para um dos formuladores delas, disse Zhou.

"A China necessita urgentemente de profissionais com visão mundial, que estejam familiarizados com as condições nacionais e dominem idiomas estrangeiros, regras internacionais e habilidades de negociação."

Há 450 funcionários chineses nas organizações afiliadas às Nações Unidas, apenas 1% do quadro, e muitos deles ocupam cargos pequenos.

Zhou disse que a escola de negociação comercial terá uma parceria com o instituto chinês para estudo sobre a OMC para formar juntos uma equipe de especialistas chineses em negociações internacionais.

Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo:

Telefone: 0086-10-8805-0795

Email: portuguese@xinhuanet.com

010020071380000000000000011100001366724181