Universidades chinesas formam engenheiros tadjiques para gasoduto na Ásia Central

2017-10-11 15:35:14丨portuguese.xinhuanet.com

Xi'an, 11 out (Xinhua) -- Trinta estudantes do Tadjiquistão começaram na Universidade Shiyou, em Xi'an (Província de Shaanxi), uma formação de cinco anos para um projeto de gás natural na Ásia Central.

Após o curso, eles voltarão ao Tadjiquistão para a construção da Linha D do projeto de gasodutos China-Ásia Central.

O curso inclui um ano de mandarim nas universidades de Tianjin e Shiyou e quatro de engenharia de gasoduto e oleoduto.

Os 30 estudantes foram selecionados entre mil candidatos do Tadjiquistão, como parte de um projeto de formação de talentos patrocinado pelos governos chinês e tadjique. Cem estudantes tadjiques serão formados.

Qu Zhan, presidente da Universidade Shiyou, garantiu avançados métodos de ensino, técnicas práticas e treinamento personalizado para garantir que os estudantes possam dominar tanto a língua chinesa como a engenharia.

A Linha-D do Gasoduto China-Ásia Central é um projeto intergovernamental da China, Uzbequistão, Tadjiquistão e Quirguistão. Em setembro de 2014 começou a construção dos mil quilômetros, dos quais 410 serão em território tadjique.

O gasoduto terá uma capacidade anual de 30 bilhões de metros cúbicos de gás natural.

Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo:

Telefone: 0086-10-8805-0795

Email: portuguese@xinhuanet.com

010020071380000000000000011100001366719691