Instalação do THAAD prejudica laços comerciais entre China e Coreia do Sul, diz porta-voz

2017-09-14 19:29:53丨portuguese.xinhuanet.com

Beijing, 14 set (Xinhua) -- A instalação do sistema de Defesa Aérea Terminal de Alta Altitude (THAAD, em inglês) na República da Coreia (RDC) afetou o comércio da China com ela, disse nesta quinta-feira um porta-voz do Ministério do Comércio da China.

A instalação "prejudica seriamente os interesses de segurança estratégica da China", afirmou o porta-voz Gao Feng em uma entrevista coletiva.

"A China espera que o lado sul-coreano respeite os grandes interesses e preocupações legítimas da China e lide adequadamente com os assuntos na questão", informou Gao.

Ele também notou que os laços comerciais mantiveram estáveis nos últimos anos, "mas a cooperação e intercâmbios sino-sul-coreanos se baseiam na opinião pública".

O comércio entre os dois países tem enorme potencial, e a China possui uma atitude ativa e aberta em relação aos laços econômicos e comerciais, acrescentou.

Nos primeiros oito meses deste ano, o comércio bilateral aumentou 10,4% para US$ 176,11 bilhões, com os crescimento de 11,9% das exportações da China para a RDC e de 9,5% das importações da RDC.

Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo:

Telefone: 0086-10-8805-0795

Email: portuguese@xinhuanet.com

010020071380000000000000011100001366099021