Frota naval chinesa parte para exercício conjunto na Rússia

2017-09-13 20:09:52丨portuguese.xinhuanet.com

Qingdao, 13 set (Xinhua) -- Uma frota naval chinesa zarpou nesta quarta-feira de um porto na cidade costeira de Qingdao, na Província de Shandong (leste), para participar de um exercício militar com a marinha russa em Vladivostok.

A frota consiste do destróier de mísseis Shijiazhuang, fragata de mísseis Daqing, navio de fornecimento abrangente Dongpinghu e navio de resgate submarino Changdao, carregando helicópteros navais e veículos de resgate submarino em profundidade.

A simulação, que será realizada no Mar do Japão e Okhotsk, é a segunda fase de um exercício naval anual entre os dois países.

A primeira fase foi conduzida entre 22 e 27 de julho no Mar Báltico.

Em comparação com os exercícios anteriores do Joint Sea 2017, o local será expandido para o mar perto de Okhotsk pela primeira vez durante a segunda fase.

As forças navais de ambos os lados conduzirão, pela primeira vez, exercícios antissubmarino e de resgate submarino envolvendo várias armas, aeronaves e navios.

O exercício, parte de um programa anual, não se concentra em terceiros, de acordo com as fontes militares.

O objetivo é consolidar e avançar a parceria estratégica abrangente de coordenação entre a China e a Rússia, aprofundar a cooperação amigável e pragmática entre as duas forças armadas e melhorar as habilidades para lidar conjuntamente com as ameaças de segurança no mar.

Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo:

Telefone: 0086-10-8805-0795

Email: portuguese@xinhuanet.com

010020071380000000000000011100001366070281