Cidade no sudoeste da China proíbe novas bicicletas compartilhadas

2017-09-13 19:49:34丨portuguese.xinhuanet.com

Chengdu, 13 set (Xinhua) -- Chengdu, capital da Província de Sichuan, no sudoeste da China, juntou-se a outras cidades e proibiu novas bicicletas compartilhadas nas ruas.

Chengdu já tem muitas dessas bicicletas, causando caos de estacionamento e obstruindo áreas populosas como estações de ônibus e metrô, de acordo com a Comissão Municipal do Transporte de Chengdu.

A cidade designou mais de mil zonas de estacionamento para as bicicletas, com mais planejadas.

Nie Bin, engenheiro-chefe da comissão, disse que Chengdu será equipada com cercas eletrônicas e estacionamentos de bicicletas de vários andares antes do final deste ano.

Além disso, uma plataforma de supervisão assegurará que os dados em tempo real ajudem os operadores a colocar suas bicicletas onde são mais necessárias.

"Ao analisar os dados de viagem, o governo pode melhorar a rede de transporte público", indicou Nie.

A China possui atualmente cerca de 70 marcas de compartilhamento de bicicletas, com mais de 16 milhões de bicicletas nas ruas em todo o país e 130 milhões de usuários, informou o Ministério do Transporte.

Cidades como Beijing, Shanghai, Shenzhen e Wuhan já puseram os freios no esquema.

Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo:

Telefone: 0086-10-8805-0795

Email: portuguese@xinhuanet.com

010020071380000000000000011100001366069731