Nave espacial de carga chinesa conclui acoplamento rápido com laboratório espacial

2017-09-13 12:29:32丨portuguese.xinhuanet.com

Beijing, 13 set (Xinhua) -- A primeira nave espacial de carga da China, a Tianzhou-1, concluiu às 23h58 de terça-feira um acoplamento rápido automatizado com o laboratório espacial Tiangong-2.

Controlada desde Terra, a Tianzhou-1 começou a se aproximar do Tiangong-2 às 17h24 e levou seis horas e meia para concluir o acoplamento com o laboratório espacial.

Foi o terceiro acoplamento entre duas naves espaciais utilizando tecnologia de acoplamento rápido. Antes se requeriam dois dias para o acoplamento.

Ficou a prova a capacidade de rápido acoplamento da nave espacial de carga, o que estabelece bases para a construção da futura estação espacial.

A Tianzhou-1 foi lançada em 20 de abril na Província de Hainan, no sul da China, e realizou o primeiro e segundo acoplamentos com o Tiangong-2 em 22 de abril e em 19 de junho, respectivamente.

A nave espacial de carga conduzirá o terceiro abastecimento de combustível do laboratório espacial antes de retornar à Terra.

As duas naves espaciais completaram o primeiro abastecimento de combustível na órbita em 27 de abril e o segundo em 15 de junho.

A China é o terceiro país, depois da Rússia e Estados Unidos, a dominar as técnicas de abastecimento de combustível no espaço, o que é crucial na construção de uma estação espacial permanente.

O Tiangong-2, enviado ao espaço em 15 de setembro de 2016, é o primeiro laboratório espacial da China "no sentido estrito" e um passo chave para a construção de uma estação espacial permanente.

As naves de carga desempenham um papel crucial na manutenção de uma estação espacial e no transporte de fornecimentos e combustíveis para a órbita.

Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo:

Telefone: 0086-10-8805-0795

Email: portuguese@xinhuanet.com

010020071380000000000000011100001366061571