Setor chinês de compartilhamento de bicicletas cria 70 mil novos empregos

2017-09-13 11:09:52丨portuguese.xinhuanet.com

Ningbo, 13 set (Xinhua) -- As companhias chinesas de compartilhamento de bicicletas têm 16 milhões de bicicletas nas ruas e empregam cerca de 100 mil pessoas, segundo o Centro de Informações do Estado.

O órgão divulgou no sábado um relatório sobre a indústria em uma exposição de cidades inteligentes, realizada na cidade de Ningbo, Província de Zhejiang (leste).

Segundo o relatório, cada dia se realizam ao redor de 50 milhões de passeios com bicicletas alugadas, isto é, cada bicicleta é usada cerca de três vezes em média.

Até o fim de junho, o país tinha 106 milhões de usuários de bicicletas compartilhadas, que respondiam por 14,1% de todos os usuários da internet.

O relatório disse que entre os 100 mil empregos, 70 mil foram criados recentemente durante o primeiro semestre, cerca de 1% do total de novos empregos criados nas áreas urbanas durante o período.

Existem cerca de 70 empresas de aluguel de bicicletas na China com base em apps de celular.

Com a expansão das maiores empresas do setor, como Mobike e OFO, tanto no país como no exterior, as autoridades estão determinadas em regular a indústria.

Uma diretriz divulgada em agosto estipulou que os usuários devem se registrar com seus nomes reais, e os provedores estão proibidos a oferecer serviços para as crianças menores de 12 anos. Os governos foram aconselhados a melhorar as ciclovias para garantir a segurança dos usuários.

A cidade de Wuhan anunciou na semana passada que demarcará ou construirá cerca de 2,5 mil quilômetros de ciclovias nos centros da cidade.

Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo:

Telefone: 0086-10-8805-0795

Email: portuguese@xinhuanet.com

010020071380000000000000011100001366061091