Projeto lançado em Moçambique protegerá da malária 400 mil mulheres grávidas

2017-09-13 11:26:02丨portuguese.xinhuanet.com

Maputo, 12 set (Xinhua) -- A Unitaid, uma organização internacional organizada pela Organização Mundial da Saúde (OMS), lançou nesta segunda-feira um projeto para levar cuidados de prevenção da malária a 400 mil mulheres grávidas e seus bebês em quatro países africanos.

De acordo com a Unitaid, com um orçamento de 50 milhões de dólares americanos, o projeto "Transformar o tratamento preventivo intermitente para uma ótima gravidez" (TIPTOP) será implementado na República Democrática do Congo, Madagascar, Moçambique e Nigéria, países da região subsaariana atingidos pela malária.

Em Moçambique em particular, as estatísticas mais recentes indicam que mais de 28% das mulheres grávidas estão infectadas com malária. O projeto beneficiará 100 mil mulheres da província de Sofala, na região central do país e mais tarde será expandida para Nampula, a província mais populosa do país.

"O projeto será uma oportunidade para aumentar o número de mulheres grávidas que procuram consulta pré-natal, para um melhor gerenciamento de medicamentos e uma integração do programa de controle da malária do país entre o departamento de saúde e diferentes parceiros e para aumentar a cobertura do Tratamento Preventivo Intermitente para mulheres grávidas (IPTp)," disse Nazira Abdula, ministra da Saúde de Moçambique, durante uma cerimônia de lançamento do projeto de cinco anos em Maputo.

A ministra disse que Moçambique tem a honra de lançar um projeto de tal dimensão, o que é uma evidência clara da importância de prevenir a malária na gravidez em todo o mundo, no momento em que há um apelo global para acelerar ações.

O projeto TIPTOP irá equipar os membros da comunidade local, partos tradicionais, trabalhadores comunitários de saúde e voluntários com doses de sulfadoxina-pirimetamina (SP) a serem administradas a nível comunitário.

A Unitaid disse que este projeto acelera o acesso a produtos de saúde inovadores para aqueles que mais precisam deles.

"Estamos entusiasmados em ver Moçambique lançar o projeto TIPTOP que proporcionará às mulheres grávidas um remédio para salvar suas vidas e seus bebês da malária," disse Lelio Marmora, diretor executivo da Unitaid.

A malária é uma das principais doenças em Moçambique, da qual mulheres grávidas e crianças estão entre as principais vítimas.

Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo:

Telefone: 0086-10-8805-0795

Email: portuguese@xinhuanet.com

010020071380000000000000011100001366060911