Nutrição beneficia organização da rede cerebral, diz estudo

2017-09-12 20:54:20丨portuguese.xinhuanet.com

Chicago, 11 set (Xinhua) -- Em um novo estudo da Universidade de Illinois (UI) pesquisadores descobriram que os ácidos graxos monoinsaturados (MUFAs), uma classe de nutrientes encontrados nos óleos de oliva, nozes e abacates, estão ligados a inteligência geral, e que essa relação é conduzida pela correlação entre MUFAs e a organização da rede cerebral.

Os pesquisadores estudaram 99 idosos saudáveis recrutados pelo Carle Foundation Hospital, em Urbana, compararam seus padrões de nutrientes de ácidos graxos encontrados em amostras de sangue, dados funcionais de MRI que mediram a eficiência das redes cerebrais e os resultados de um teste de inteligência geral.

Os pesquisadores descobriram que a inteligência geral estava associada à rede de atenção dorsal do cérebro, que desempenha um papel central nas tarefas exigentes e na resolução de problemas do cotidiano. Em particular, os pesquisadores descobriram que a inteligência geral estava associada a quão eficientemente a rede de atenção dorsal é funcionalmente organizada usando uma medida chamada propensão ao pequeno mundo, que descreve o quão bem a rede neural está conectada em regiões agrupadas localmente, bem como em sistemas globalmente integrados.

Eles descobriram que aqueles com níveis mais altos de MUFAs em seu sangue tinham maior propensão ao pequeno mundo em sua rede de atenção dorsal. Em conjunto com uma correlação observada entre níveis mais altos de MUFAs e maior inteligência geral, esses achados sugerem um caminho pelo qual os MUFAs afetam a cognição.

"Nossos resultados fornecem novas evidências que MUFAs estão relacionados com uma rede muito específica do cérebro, a rede de atenção dorsal, e como melhor esta rede é funcionalmente organizada," disse o professor de psicologia UI e o líder do estudo, Aron Barbey. "Nossos resultados sugerem que, se quisermos entender a relação entre MUFAs e a inteligência geral, precisamos levar em conta a atenção à rede dorsal. É parte do mecanismo subjacente que contribui para o seu relacionamento."

Barbey espera que estes resultados orientem mais investigação sobre como a nutrição afeta a cognição e inteligência. Em particular, o próximo passo é executar um estudo de intervenção ao longo do tempo para ver se a ingestão de MUFA a longo prazo influencia a organização e a inteligência da rede cerebral.

O estudo foi publicado pela revista NeuroImage.

Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo:

Telefone: 0086-10-8805-0795

Email: portuguese@xinhuanet.com

010020071380000000000000011100001366040721