Walmart e Google se unem para oferecer compras via Google Assistant

2017-08-24 16:27:53丨portuguese.xinhuanet.com

Por Sun Oumeng e Yuan Yue

Nova York, 23 ago (Xinhua) -- Em uma recente jogada, Walmart e Google estão se unindo para oferecer aos clientes uma nova experiência: encomendar produtos do gigante do varejo por voz via Google Assistant, um grande passo para o Walmart se manter competitivo na era do comércio eletrônico, disseram analistas.

Marc Lore, presidente e diretor executivo da Walmart e-Commerce, disse na quarta-feira que a gigante do varejo estaria trabalhando com o Google para "oferecer centenas de milhares de itens para compras por voz através do Google Assistant" até o final de setembro.

Com cada vez mais consumidores confiando em dispositivos como o Amazon Echo e o Google Home, os revendedores tradicionais são lançados em competições ferozes e o Walmart não é exceção. No entanto, não pretende ser deixado para trás.

Comparado com o Alexa da Amazon, o Walmart chega tarde, mas consegue criar alguma inovação. Conforme mencionado por Lore, por exemplo, um dos principais casos de uso para compra de voz é a capacidade de construir uma cesta de itens essenciais do cotidiano previamente adquiridos.

"É por isso que decidimos integrar profundamente o nosso recurso Reordenação Fácil no Google Express," disse Lore. "Isso nos permitirá oferecer recomendações de compras altamente personalizadas com base nas compras anteriores dos clientes, incluindo as feitas nas lojas Walmart e no Walmart.com".

"Para tirar proveito desta personalização, os clientes só precisam vincular sua conta do Walmart ao Google Express," acrescentou Lore.

Mesmo que muitos varejistas, como Target, Costco e Whole Foods, já tenham trabalhado com o Google para vender seus produtos, o Walmart será o primeiro a oferecer este recurso.

Além disso, o Walmart oferecerá o maior número de itens através da plataforma.

"Faz sentido para nós nos juntarmos ao Google. Eles fizeram investimentos significativos em processamento de linguagem natural e inteligência artificial para oferecer uma poderosa experiência de compra de voz," disse Lore.

Walmart e Amazon têm competido há anos, com cada gigante tentando fazer o melhor para ficar à frente do outro.

O Walmart adquiriu a startup do e-commerce Jet.com por 3,3 bilhões de dólares americanos no outono passado e a fusão aumentou as vendas online do Walmart em 60% durante o segundo trimestre de 2017. O co-fundador e diretor executivo da Jet.com era o próprio Marc Lore.

Enquanto isso, a Amazon disse em junho que iria comprar a Whole Foods Market, uma cadeia de supermercados, com um custo total estimado em 13,7 bilhões de dólares americanos.

"É interessante pensar sobre qual seria a estratégia da Amazon com a Whole Foods," disse JP Eggers, professor associado de administração e organizações da Universidade de Nova York, em entrevista recente à Xinhua.

"Eu acho que há um reconhecimento de que o espaço físico que a Whole Foods possuía quando a Amazon fez a compra é incrivelmente importante, tanto em termos de proximidade com os consumidores classe A que são quem a Amazon procura atrair, mas também com a ideia de que eles estão procurando ter mais opções de entrega rápida do que espaço de armazenagem na maioria dessas lojas," disse ele.

"É incrivelmente atraente como uma espécie de back-end pode ajudar a Amazon a fazer entregas locais," acrescentou.

Whole Foods Market disse na quarta-feira que os acionistas aprovaram sua aquisição de 13,7 bilhões de dólares americanos pela Amazon.

O próximo setembro será testemunha de uma nova rodada de competições de compras por voz, e isso é apenas o começo.

"No próximo ano, também vamos impulsionar nossas 4.700 lojas dos EUA e nossa rede de atendimento para criar experiências para os clientes que atualmente não existem em compras por voz em qualquer outro lugar, incluindo a escolha de pegar o pedido na loja (muitas vezes por um desconto) ou usar a voz para comprar mantimentos frescos em todo o país," disse Lore.

Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo:

Telefone: 0086-10-8805-0795

Email: portuguese@xinhuanet.com

010020071380000000000000011100001365521641