Polícia moçambicana intercepta tráfico de 10 mulheres para Arábia Saudita

2017-08-24 16:27:53丨portuguese.xinhuanet.com

Maputo, 23 ago (Xinhua) -- A polícia moçambicana disse na quarta-feira que interceptou dez mulheres que foram traficadas para a Arábia Saudita, onde serviriam de empregadas domésticas.

Malva Brito, porta-voz da polícia na província de Cabo Delgado, no norte de Moçambique, disse que as mulheres foram descobertas na terça-feira em uma casa, onde esperavam exames médicos e passaportes para viajar para a Arábia Saudita.

"As mulheres foram recrutadas por dois moçambicanos na província do norte de Nampula e transportadas de ônibus para Cabo Delgado, onde foram descobertas. Os outros dois traficantes tanzanianos que seriam responsáveis por retirar essas mulheres de Moçambique escaparam," disse a porta-voz.

As mulheres disseram à polícia que trabalhariam como empregadas domésticas e continuariam seus estudos no exterior.

A porta-voz disse que as autoridades estão procurando os dois cidadãos tanzanianos. Os moçambicanos envolvidos são trabalhadores de uma empresa de importação e exportação.

Moçambique foi apontado como um ponto de trânsito para as vítimas do tráfico de seres humanos, mas esta foi a primeira vez que as vítimas tinham como destino a Arábia Saudita.

Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo:

Telefone: 0086-10-8805-0795

Email: portuguese@xinhuanet.com

010020071380000000000000011100001365521571