Trump diz que aviso à Coreia do Norte talvez "não tenha sido duro o suficiente"

2017-08-11 16:47:26丨portuguese.xinhuanet.com

Washington, 10 ago (Xinhua) -- Nesta quinta-feira, o presidente dos EUA, Donald Trump, intensificou sua ameaça à Coreia do Norte (RPDC), dizendo que talvez o seu prévio aviso "não tenha sido duro o suficiente."

"Francamente, as pessoas que estão questionando essa afirmação, foi muito dura? Talvez não tenha sido dura o bastante," disse ele a repórteres em seu resort de golfe em Nova Jersey.

"Eles estão fazendo isso com nosso país há muito tempo, por muitos anos, e é hora de alguém convencer as pessoas deste país e as pessoas de outros países. De qualquer forma, talvez essa declaração não tenha sido dura o suficiente," acrescentou Trump.

O presidente dos EUA, apesar da dura ameaça, ofereceu garantia ao público, dizendo que o povo americano "deve ficar bem confortável".

"Se a Coreia do Norte (RPDC) fizer qualquer coisa em termos de pelo menos pensar em ataques a alguém que amamos ou representamos ou nossos aliados ou a nós (...) eles devem ficar muito preocupados," disse Trump. "Porque acontecerão coisas com eles que nunca pensaram ser possível."

Na terça-feira, Trump emitiu um aviso controverso para a RPDC que parecia ameaçar uma guerra nuclear com o país asiático.

"É melhor a Coreia do Norte (RPDC) não fazer mais ameaças ao Estados Unidos, pois serão encarados com fogo e fúria como o mundo nunca viu," disse Trump.

Em resposta, a RPDC alertou sobre ataques antecipados contra a base militar norte-americana de Guam, no Pacífico.

Após a troca de fortes ameaças entre Washington e Pyongyang, o secretário de Estado dos EUA, Rex Tillerson, minimizou a ameaça da RPDC nesta quarta-feira, dizendo aos americanos que "dormissem tranquilos à noite."

Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo:

Telefone: 0086-10-8805-0795

Email: portuguese@xinhuanet.com

010020071380000000000000011100001365185241