Emprego da China melhora com estabilização econômica

2017-07-17 17:17:13丨portuguese.xinhuanet.com

Beijing, 17 jul (Xinhua) -- A China viu um crescimento contínuo do emprego no primeiro semestre de 2017, promovido pela expansão do setor de serviços e a atualização do setor de manufatura, segundo dados oficiais divulgados na segunda-feira.

Cerca de 7,35 milhões de novos empregos foram gerados nas regiões urbanas do país de janeiro a junho, um aumento de 180 mil em relação ao mesmo período do ano passado, disse Xing Zhihong, porta-voz do Departamento Nacional de Estatísticas (DNE), em uma coletiva de imprensa.

Isso significa que a China já cumpriu 66,8% do seu objetivo oficial de gerar 11 milhões de novos postos de trabalho neste ano, afirmou.

Enquanto isso, tanto a taxa pesquisada de desemprego nacional urbana como a taxa pesquisada de desemprego em 31 grandes cidades chinesas ficaram abaixo de 5% em junho.

Segundo Xing, a situação do emprego no país "continua a melhorar".

A economia chinesa vem operando dentro de um alcance razoável, mantendo desenvolvimento estável, coordenado e sustentável no primeiro semestre, disse.

Uma participação maior na economia para o setor de serviços, bem como a transformação da indústria de fabricação, também emprestou um forte apoio ao emprego, de acordo com o porta-voz.

Os trabalhadores migrantes que deixaram suas cidades continuaram a aumentar, com 3,64 milhões adicionados ao final do segundo trimestre em comparação com o mesmo período do ano passado, disse.

A China gerou 13,14 milhões de empregos no ano passado, e a taxa de desemprego urbano registrada foi de 4,02% no final de 2016.

Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo:

Telefone: 0086-10-8805-0795

Email: portuguese@xinhuanet.com

010020071380000000000000011100001364503731