Chefe do Legislativo da China pede maior cooperação com Polônia sob Cinturão e Rota

2017-07-17 10:37:10丨portuguese.xinhuanet.com

POLAND-WARSAW-ZHANG DEJIANG-VISIT

Zhang Dejiang (d), presidente do Comitê Permanente da Assembleia Popular Nacional (APN) da China, reúne-se com o presidente da Polônia Andrzej Duda, em Varsóvia, Polônia, em 16 de julho de 2017. Zhang realizou uma visita amigável oficial à Polônia de 12 a 16 de julho. (Xinhua/Ju Peng)

Varsóvia, 17 jul (Xinhua) -- A China e a Polônia devem aproveitar as novas oportunidades que surgirem da Iniciativa do Cinturão e Rota e do "mecanismo 16+1 China-Europa Central e Oriental" para aprofundar a cooperação de benefício mútuo, indicou o chefe do Legislativo chinês, Zhang Dejiang.

Zhang, presidente do Comitê Permanente da Assembleia Popular Nacional (APN) da China, realizou uma visita amigável oficial à Polônia de 12 a 16 de julho, durante a qual se reuniu com o presidente Andrzej Duda, a primeira-ministra Beata Szydlo e líderes parlamentares.

Durante a reunião com Duda, Zhang disse que a amizade tradicional entre os dois povos se consolidou. Nos últimos dois anos, Duda e o presidente chinês, Xi Jinping, trocaram visitas e os dois países trabalham para construir uma parceria estratégica abrangente que abre um novo capítulo nas relações sino-polonesas, assinalou Zhang.

Zhang disse que a China dá grande importância ao desenvolvimento das relações com a Polônia, uma importante parceira de cooperação da China na Europa Central e Oriental (ECO) e na União Europeia (UE).

As duas partes devem aproveitar as novas oportunidades geradas pela Iniciativa do Cinturão e Rota e pelo "mecanismo 16+1" para assim aprofundar a cooperação de benefício mútuo nos âmbitos de economia, comércio e investimento e impulsionar as relações bilaterais, disse Zhang.

Duda elogiou o desenvolvimento da China e quer aprofundar a cooperação através da construção dos projetos da Iniciativa do Cinturão e Rota, reforçar a comunicação e a coordenação em assuntos internacionais, salvaguardar os interesses comuns e enriquecer de forma contínua a parceria estratégica abrangente entre os dois países.

A Iniciativa do Cinturão e Rota, proposta pela China em 2013, compreende o Cinturão Econômico da Rota da Seda e a Rota da Seda Marítima do Século 21. O objetivo é construir uma rede de comércio e infraestrutura que conecte a Ásia com a Europa e a África ao longo das antigas rotas comerciais.

O mecanismo 16+1 é uma plataforma criada em abril de 2012 pela China e pelos 16 países da Europa Central e Oriental.

Em reunião com a primeira-ministra polonesa, Zhang mencionou a assistência de Szydlo ao Fórum do Cinturão e Rota para Cooperação Internacional realizado em Beijing em maio, durante o qual os líderes dos dois países atingiram uma série de importantes consensos para fortalecer as relações bilaterais.

Ambos os países podem utilizar os mecanismos e plataformas existentes para aprofundar a cooperação em infraestrutura, melhorar o serviço dos trens de carga China-Europa e expandir a cooperação em novos âmbitos, disse Zhang.

Zhang também disse que a China dá importância ao desenvolvimento das relações com a UE e está disposta a trabalhar com os países da UE, incluindo a Polônia, para continuar promovendo as relações entre a China e a UE.

Szydlo afirmou que a Iniciativa do Cinturão e Rota proposta pelo presidente chinês é de grande importância para um desenvolvimento mais sustentável e equilibrado da economia mundial.

A Polônia está implementando uma nova estratégia de desenvolvimento e dá boas-vindas à participação da China na construção de infraestrutura na Polônia e a uma maior cooperação em pequenas e médias empresas, acrescentou.

Durante sua estadia em Varsóvia, Zhang também conversou com Stanislaw Karczewski, chefe do Senado, e Marek Kuchcinski, presidente do Sejm, a câmara baixa do Parlamento.

Zhang propôs reforçar a cooperação entre os órgãos legislativos dos dois países.

Zhang disse que os órgãos legislativos devem manter o impulso dos intercâmbios amistosos, ampliar de forma constante a confiança e o entendimento mútuos e apoiar os respectivos interesses fundamentais.

O chefe do Legislativo chinês também pediu o fortalecimento dos intercâmbios de experiências entre os dois países no âmbito de legislação e supervisão, e a promoção de intercâmbios amistosos em cultura, educação e turismo.

Karczewski e Kuchcinski concordaram que o fortalecimento dos intercâmbios e da cooperação entre os órgãos legislativos é de grande importância para o desenvolvimento dos laços bilaterais.

O Senado e o Sejm apoiam o governo a reforçar a cooperação com a China e estão dispostos a realizar mais esforços para essa finalidade.

Zhang e Kuchcinski assinaram um memorando de cooperação entre a APN e o Sejm.

   1 2 3 4 5 6 7   

Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo:

Telefone: 0086-10-8805-0795

Email: portuguese@xinhuanet.com

010020071380000000000000011100001364493191