EUA consideram relistar Coreia do Norte como patrocinadora do terrorismo, diz diplomata norte-americano

2017-04-21 09:00:06丨portuguese.xinhuanet.com

Washington, 19 abr (Xinhua) -- O secretário de Estado americano, Rex Tillerson, disse nesta quarta-feira que os Estados Unidos estão analisando formas para pressionar a Coreia do Norte (RPDC), incluindo listar novamente o país como um Estado patrocinador do terrorismo.

Falando em conferência de imprensa, Tillerson disse que a administração de Trump está avaliando todas as opções, tanto em termos de patrocínio estadual do terrorismo como de outras formas para pressionar a Coreia do Norte a se “reengajar" com os Estados Unidos "em uma base diferente das negociações já realizadas."

No início deste mês, a Câmara dos Deputados dos Estados Unidos aprovou, de forma esmagadora, uma legislação que ordenava ao Departamento de Estado dos EUA a determinar se a RPDC é uma patrocinadora estadual do terrorismo.

Atualmente, nenhum relatório de notícias indicou que o Senado dos Estados Unidos já havia votado a proposta da Câmara.

Tillerson é obrigado a apresentar um relatório no prazo de 90 dias após a promulgação do projeto de lei sobre se a RPDC deve ser relistada como um Estado patrocinador do terrorismo.

O ex-presidente americano George W. Bush, em 2008, retirou a RPDC da lista dos Estados Unidos de patrocinadores estaduais do terrorismo em troca da redução da RPDC de seus programas nucleares.

010020071380000000000000011100001362251931