Oito ministros brasileiros investigados por corrupção são solicitados a deixar seus cargos

2017-04-20 21:06:52丨portuguese.xinhuanet.com

Brasília, 19 abr (Xinhua) -- O Partido dos Trabalhadores (PT) pediu nesta quarta-feira que a comissão de ética pública do país retire do cargo oito ministros do governo, que estão sendo investigados pela Suprema Corte por corrupção.

Uma declaração do PT na Câmara dos Deputados disse que os oito ministros devem ser retirados o mais rapidamente possível por má conduta administrativa e violação da ética pública.

Os ministros do governo do presidente Michel Temer estão sendo investigados dentro da Operação Lava Jato, que já prendeu dezenas de políticos e empresários envolvidos no anel de corrupção da Petrobras.

Eles estão sendo investigados sob suspeita de corrupção ativa e passiva, lavagem de dinheiro, fraude, entre outros.

Na semana passada, a Suprema Corte abriu investigações sobre os ministros e mais de 70 outros parlamentares que foram nomeados em delações por ex-executivos da construtora Odebrecht, como tendo recebido subornos ou usando fundos públicos para financiar suas campanhas.

De acordo com Robinson Almeida, um dos autores da declaração, "existem indicadores muito sérios de que os ministros que estão sendo investigados estavam envolvidos em comportamento irregular".

O legislador do PT disse que as ações dos oito ministros "são incompatíveis com a ética e a integridade pública ... eles perderam a posição moral para exercer as funções que detêm."

Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo:

Telefone: 0086-10-8805-0795

Email: portuguese@xinhuanet.com

010020071380000000000000011100001362240461