Comentário: Investimento chinês no exterior deve seguir sob supervisão para eliminar lacunas

2017-04-12 11:00:31丨portuguese.xinhuanet.com

Beijing, 12 abr (Xinhua) -- As autoridades chinesas devem manter a rigorosa supervisão sobre os investimentos irracionais e ilegais no exterior, já que a pressão dos fluxos fronteiriços de capital continua.

O investimento direto não financeiro da China no exterior caiu 52,8% em termos anuais nos primeiros dois meses do ano, devido aos players do mercado cada vez racionais e à orientação de relevantes departamentos governamentais.

No entanto, sendo que as bases para uma economia chinesa em estabilização ainda não são sólidas, a pressão dos fluxos de capital fronteiriços se mantém. Esta é a razão pela qual não se devem relaxar as supervisões da autenticidade dos investimentos no exterior.

No ano passado, o investimento direto da China no exterior registrou um aumento anual de 40%, como resultado de que a economia chinesa está cada vez mais globalizada e também devido a algumas decisões irracionais ou ilegais.

Um relatório recém-publicado pelo regulador de divisas da China revelou alguns casos em que empresas tinham transferido de forma ilegal ativos para o exterior sob a fachada de investimento no exterior.

Algumas empresas recém-criadas, que não tinham produzido nada, estavam contribuindo com grandes somas de investimento no exterior. Empresas muito endividadas pediram novos empréstimos para adquirir empresas no exterior. Esses são apenas alguns dos exemplos citados pela Administração Estatal de Divisas.

Atos como esses devem ser proibidos.

A especulação irracional, a transferência ilegal de ativos e as transações falsas perturbam os mercados de divisas e financeiros da China, o que causa perdas de ativos estatais e danifica os interesses nacionais.

As medidas decisivas adotadas pela Comissão Nacional de Desenvolvimento e Reforma, Ministério de Comércio, Banco Popular da China e Administração Estatal de Divisas em novembro de 2016, entre as quais figuram as supervisões da autenticidade, fecharam a porta para as empresas e indivíduos que querem transferir ativos para o exterior de forma ilegal.

Isso pode ser a origem dos rumores de que as autoridades chinesas estavam contendo o investimento no exterior.

A China, como repetiram as autoridades, vai se manter firme na política de abertura e na estratégia de internacionalizar o investimento.

O investimento da China no exterior cresceu rapidamente nos últimos anos e desempenhou um papel importante no aprofundamento da cooperação de benefício mútuo entre ela e outros países, assim como na promoção da reestruturação da economia doméstica.

Ao invés de conter o investimento normal e legal no exterior, o fortalecimento das normas tem como objetivo eliminar as lacunas existentes na aplicação das regulamentações atuais.

Os quatro departamentos devem trabalhar conjuntamente e de forma estreita e fazer todos os esforços para recuperar os fundos transferidos ilegalmente para o exterior e levar à justiça quem ousar violar as leis e as regulamentações.

010020071380000000000000011100001362022091